Raptr é a nova vítima da onda de hacks contra serviços de jogos

Raptr é a nova vítima da onda de hacks contra serviços de jogos

Último Vídeo

Além de sofrer com ataques DDoS que estragaram o natal de quem usa PSN ou XBOX Live, os amantes de jogos acabam de levar mais um baque: o Raptr, sistema que muitos usam para agregar conquistas de diferentes plataformas, acabou de anunciar que foi hackeado.

De acordo com a nota oficial, os nomes de usuário, endereços de email, hash de senhas e até nome e sobrenome reais de alguns usuários podem ter sido atingidos. Porém, apesar de os códigos de acesso estarem em hash, quem usa senhas simples pode estar vulnerável.

Medidas de segurança

Segundo Dennis Fong, CEO e fundador do serviço, os pontos acumulados no Raptr estão seguros por exigirem autenticação em duas etapas. Entretanto, apesar de os riscos serem mínimos, ele pede para que os usuários alterem as senhas tanto no Raptr quanto em qualquer outro site que compartilhe o mesmo login.

O caso não é tão grave quanto o ataque aos servidores da PSN em 2011, que expôs dados pessoais e informações de cartão de crédito de milhares de usuários. Porém, é mais que o suficiente para alertar os usuários para mudarem de senha o quanto antes e evitarem usar o mesmo código de acesso em vários sites.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.