Voxel

Resident Evil 3 Remake: Nemesis faz Mr. X parecer um bebê; veja gameplay

Último Vídeo

Na semana passada, a Capcom nos convidou para jogar diversas horas de Resident Evil 3 Remake e experimentar pela primeira vez a reimaginação deste clássico da era PlayStation. Depois de saciar o hype, tudo que podemos dizer é: o jogo continua o excelente trabalho realizado em Resident Evil 2 Remake e o Nemesis brilha, mostrando que a adaptação foi feita de forma magestral e faz com que Mr. X pareça uma criança perto da bioarma mais icônica da Umbrella.

Resident Evil 3 Remake apresentou diversas surpresas bem agradáveis, como a reformulação de inimigos icônicos, como o Brain Sucker e o Hunter Gama, que agora têm desafios bem diferentes do game original. O Brain Sucker, aquele insetão que era praticamente o Licker do 3, agora é mais fraco e vem em maior quantidade. Além disso, a novidade é que ele pode infectar Jill com um status novo: o "parasitas", em que é preciso consumir uma erva verde para curar o efeito negativo (Jill vomita os parasitas). Já o Hunter Gama parece um sapão gigantesco e consegue matar a protagonista em um golpe só.

Confira abaixo o gameplay e nossas impressões de Resident Evil 3 Remake:

Nemesis é a adaptação perfeita

Se você achou que o Tyrant (ou Mr. X para os mais íntimos) de Resident Evil 2 foi difícil, é melhor repensar: Nemesis, o vilão mais icônico da franquia Resident Evil, fez a bioarma da Umbrella do segundo jogo parecer brincadeira de criança.

Nemesis é muito mais implacável: ele consegue correr muito mais que Jill, consegue realizar pulos que cobrem distâncias enormes, é capaz de puxar a protagonista com tentáculos, usar combos de golpes (que mais parecem retirados de Marvel vs. Capcom) corpo a corpo e muito mais. Nemesis simplesmente não para e você deve pensar bem se gasta munição com ele ou não.

Bom, na real às vezes vai ser bom gastar, pois ele ainda derruba caixas com itens especiais para Jill. Na build em que jogamos, a jogatina acabava em uma luta muito legal (e inédita) contra Nemesis, que no embate estava portando seu lança-chamas, arma nova produzida para o remake. Sem dúvidas, foi bem memorável e trouxe um sabor especial.

Coisas ruins até agora

Apesar de Resident Evil 3 Remake ter muitas qualidades (e, honestamente, parecer que será ainda melhor que Resident Evil 2 Remake), houve uma única coisa que me chamou atenção de forma negativa: os zumbis não desmembram mais. Pode ser por conta da build que jogamos, ou seja, uma versão que não é a final que não tinha o recurso, mas não conseguimos destruir as partes dos mortos-vivos durante a jogatina.

...

Essas foram as nossas impressões de Resident Evil 3 Remake, que chega muito em breve: dia 3 de abril de 2020 ao Xbox One, PS4 e PC. E aí, ficou empolgado?

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários