Resident Evil 7 fica abaixo da meta em vendas — mas não é o fim do mundo

Resident Evil 7 fica abaixo da meta em vendas — mas não é o fim do mundo

Último Vídeo

A Capcom apresentou o relatório financeiro do último ano fiscal da desenvolvedora, que foi até 31 de março de 2017, confirmando o desempenho de vendas dos seus últimos grandes lançamentos. Um dos destaques do documento é Resident Evil 7, que ficou abaixo da meta previamente estabelecida pela empresa.

Ao todo, o novo capítulo da franquia de survival horror vendeu 3,5 milhões de unidades. Isso significa que ela bateu na trave e ficou atrás da meta para o final de março, que era de 4 milhões de cópias comercializadas.

Outros lançamentos contabilizados no relatório, como Dead Rising 4 e Monster Hunter XX, também não conseguiram atingir os números esperados.

Não entre em pânico

Apesar de ficar 500 mil unidades abaixo da previsão, o jogo está longe de ser um fracasso — e a própria desenvolvedora sabe disso, alegando que o desempenho do título foi "sólido".

Para começar, a meta era de fato bastante alta, especialmente porque eram apenas dois meses para atingir uma marca bem impressionante (mesmo combinando PC, Xbox One e PS4). Além disso, ela é mais modesta e realista que o projeto ambicioso de Resident Evil 6: o título só obteve metade da previsão inicial de 7 milhões de unidades.

A meta era de fato bastante alta, especialmente porque eram apenas dois meses para atingir uma marca bem impressionante

Além disso, a Capcom tem trabalhado bastante com relançamentos da franquia. Com Resident Evil 4, Resident Evil 5 e Resident Evil 6 ganhando uma nova chance de mercado e o sétimo capítulo ainda "quente", essas remasterizações ganham mais visibilidade por conta do novo episódio. Isso significa que a série em si continua com boa arrecadação e sempre em evidência na indústria.

Resident Evil 7 trouxe de volta o conceito do terror e dos ambientes claustrofóbicos para a franquia, o que agradou muita gente. Mas a escolha por novos personagens e o uso da primeira pessoa também desagradou parte da comunidade, e isso pode ter reduzido um pouco as vendas. Confira a nossa análise e tire as suas próprias conclusões.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.