Voxel

Resident Evil: The Mercenaries 3D impede que arquivos salvos sejam apagados

Último Vídeo

Fonte da imagem: NeoGAF
Pouco tempo após o aguardado lançamento de Resident Evil: The Mercenaries 3D, a polêmica: o game não permite que os jogadores apaguem os dados salvos, impedindo que uma nova campanha seja iniciada. A impossibilidade foi confirmada pelo manual do jogo.

Os rumores sobre os motivos que forçaram a Capcom a adotar essa medida surgiram no fórum NeoGAF, onde os usuários perceberam a restrição e começaram a elaborar teorias. A principal linha de pensamento aponta em uma limitação para impedir que os jogadores revendam o cartucho após o término das missões.

No entanto, o descontentamento com a decisão foi geral, não apenas por atrapalhar o mercado de usados, mas por atrapalhar a diversão de quem é louco pelo 100%. Embora muitos acreditem que seja possível revisitar as tarefas após sua conclusão, há quem diga que isso impede o aproveitamento total dos recursos existentes.

Mais de 40 minutos de ação

Em compensação, o canal Capcom Unity liberou um vídeo com cerca de 40 minutos de jogatina. Além disso, várias dúvidas sobre o lançamento são respondidas pela equipe de desenvolvimento.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.