Respawn já baniu mais de 770 mil trapaceiros em Apex Legends

Respawn já baniu mais de 770 mil trapaceiros em Apex Legends

Último Vídeo

Assim como acontece com qualquer game multiplayer que se torna bastante popular, Apex Legends tem convivido com uma grande quantidade de cheaters desde seu lançamento. A desenvolvedora Respawn está ciente disso e tomou diversas atitudes para minimizar o problema, incluindo uma ferramenta de denúncia adicionada no dia 19 de março.

Apex Legends

Na última sexta-feira (3), a desenvolvedora afirmou que soluções do tipo já ajudaram a detectar e banir mais de 770 mil jogadores que usaram recursos não aprovados para ganhar alguma vantagem no game. Segundo o gerente de comunidade Jay Frechette, a ferramenta de denúncias teve um grande impacto para ajudar a empresa a detectar trapaças que passam pelo filtro do sistema Easy Anti-Cheat.

Luta contínua

“Encaramos de forma incrivelmente séria as trapaças em Apex e temos uma grande quantidade de recursos para lidar com isso em uma variedade de ângulos. É uma guerra constante com os criadores de cheats que pretendemos continuar a lutar”, afirmou Frechette. Segundo ele, as iniciativas tomadas já conseguiram reduzir em 50% a quantidade de partidas em que há algum trapaceiro ou spammer em ação.

Apex Legends

Além de usar a ferramenta Easy Anti-Cheat, presente em jogos como Fortnite e The Division 2, Apex Legends também usa o HWID gerado por cada PC como base para banir os jogadores. Com isso, a Respawn consegue impedir que cheaters criem com facilidade uma nova conta para o jogo, embora existam meios de mudar o WHID caso sua máquina seja bloqueada com base nele.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários