Revista Famitsu revela vários detalhes de Xenoblade Chronicles X

Revista Famitsu revela vários detalhes de Xenoblade Chronicles X

Último Vídeo

Se você está acompanhando as notícias relacionadas a Xenoblade Chronicles X, certamente percebeu que novidades sobre o jogo surgem na rede de forma quase que homeopática. Porém, a edição mais recente da revista Famitsu trouxe diversas informações sobre um dos títulos mais aguardados de 2015 para Wii U. 

Uma das informações divulgadas pela publicação certamente vai responder os questionamentos daqueles que estão curiosos sobre o tamanho do jogo. O mapa de Xenoblade Chronicles X será cinco vezes maior que o de Xenoblade Chronicles (que não era nada pequeno, diga-se de passagem), e os jogadores poderão usar tanto os mechs voadores quanto seguir a pé para apreciar melhor cada um dos detalhes. 

Também foi informado que o Game Pad será útil para acessar uma opção de viagem rápida, bem como para guardar informações encontradas durante a jornada – incluindo nesse pacote dados relacionados a missões. Tais dados envolvem ainda os itens obtidos durante a aventura, que, em sua versão atual, tem de tudo para exigir cerca de 300 horas de dedicação daqueles que gostam de fechar um jogo com 100% do conteúdo explorado. 

Já para os que gostam de músicas, a publicação revelou que Xenoblade Chronicles X vai trazer aproximadamente 90 canções diferentes – e se todas elas seguirem um caminho parecido com a que está na sequência, certamente veremos várias pessoas adicionando horas a mais à jogatina simplesmente por terem parado para dar um pouco mais de atenção à trilha sonora. 

Ainda relacionado à parte sonora do jogo (mas, dessa vez, sem relação com a revista Famitsu), o produtor Shingo Kawabata revelou que os efeitos sonoros do título serão produzidos por Shojiro Nakaoka (cujo nome aparece nos créditos de Resident Evil 5) e do estúdio Sound Racer, que trabalhou em games como Kingdom Hearts, Chrono Trigger e Super Mario RPG: Legend of the Seven Stars

Personalização e caminhos a seguir 

Diferente de Xenoblade Chronicles, onde os personagens possuíam um design definido, em Xenoblade Chronicles X o avatar do protagonista será formado levando em conta algumas escolhas feitas pelo jogador, como cor e estilo para os cabelos, cor do olho, gênero, raça e outras opções. 

Ainda no que diz respeito a escolhas que o jogador terá que fazer, foi mencionado pela publicação que esta versão vai apresentar oito uniões dentro da BLADE (grupo do qual o protagonista faz parte), e que elas vão indicar as missões que você receberá ao longo da jornada (será possível trocar a divisão após um determinado momento da aventura). 

Conheça cada uma delas e como atuam a seguir: 

  • Path Finder: um grupo de pioneiros que deve conseguir informações e expandir a Frontier Net, a rede utilizada pela BLADE;
  • Interceptor: os que integram esse grupo agem como guardas que protegem times de pesquisa ou ajudam no resgate de cidadão de New Los Angeles;
  • Avalanche: ao contrário do grupo Interceptor, a função dos membros desse time é partir para o ataque e eliminar qualquer criatura que represente perigo para os demais;
  • Testament: estes são os responsáveis por procurar e recuperar os destroços da embarcação White Whale, bem como de coisas que foram perdidas no campo de batalha;
  • Colepedian: aqueles que seguem por esse caminho devem procurar e coletar materiais que sejam úteis para a comunidade;
  • Land Bank: os integrantes dessa divisão devem explorar o planeta Mira em busca de recursos e minerais úteis;
  • Arms: quem entra para esse grupo tem como principal função ajudar a desenvolver armas para os Dolls (nome dados aos mechs) e para os soldados;
  • Companion: toda comunidade tem problemas, e são aqueles que atuam como Companion que ficam a cargo de resolver qualquer "mimimi" entre os habitantes de New Los Angeles. 

E ainda não acabou 

Fechando a lista de novidades, a revista Famitsu ainda revelou que o jogo possui uma funcionalidade online passiva que não teve detalhes divulgados, bem como a introdução de um novo sistema de recuperação chamado Soul Voice, que vai excluir a função de curandeiro (ou seja, não teremos alguém parecido com Scharla, de Xenoblade Chronicles, aqui). 

Outro detalhe divulgado é que seguir para o campo de batalha com um grupo formado com quatro personagens é uma opção (os outros três são controlados pelo computador), e que as batalhas vistas aqui terão um ritmo bem dinâmico. 

Por fim, também foram revelados mais dois personagens que serão encontrados ao longo da jornada. O primeiro é Guin, que também é membro da organização BLADE. Enquanto morava na Terra, trabalhou como um subordinado de Elma e Irina (além de ser um admirador desta) no Doll Squad.

Já o outro rosto inédito é de Nagi, o antigo capitão da White Whale, que, dadas as circunstâncias encontradas em Mira, serve como um diretor militar do governo autônomo de New Los Angeles e se encarrega dos afazeres governamentais.

Exclusivo para Wii U, Xenoblade Chronicles X é aguardado para chegar às lojas em 2015. Porém, sua data exata de lançamento ainda não foi divulgada.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.