Voxel

Riot reformula o CBLoL para 2018 e fase de grupos ficará mais importante

Último Vídeo

Para a temporada de 2018, a Riot anunciou mudanças muito aguardadas para o Campeonato Brasileiro de League Of Legends – o CBLoL. Tudo mudou: fase de grupos, fase eliminatória e critérios para rebaixamento para a série de promoção (a “segunda divisão” do CBLoL).

Na fase de grupos, a grande novidade é a disputa em melhor de três partidas (MD3), que os fãs já pediam a muito tempo. Até a temporada de 2017, as disputas eram em melhor de 2, o que abria espaço para o empate. Na MD3, a disputa é mais estratégica e não existe mais empate – a única forma de pontuar é vencendo. Nesse formato, ganha os três pontos a equipe que ganhar duas partidas primeiro.

LoL

Passando para a fase eliminatória, o primeiro colocado da fase de grupos tem a vantagem de pular toda essa etapa e está garantido na final. Os outros times, do 2º ao 5º colocado, se enfrentam em um formato escalada (ou gauntlet, em inglês). Funciona bem como o nome sugere: o 5º colocado enfrenta o 4º em disputa melhor de 5 (MD5). A primeira equipe que fechar três vitórias, ganha e avança, disputando outra MD5 com o 3º colocado. Quem vencer então joga contra o 2º colocado, e quem vencer essa MD5 está garantido na grande final.

LoL

Os critérios para o rebaixamento são muito parecidos com a fase eliminatória, mas ao contrário: o objetivo é selecionar o time mais fraco, e não o mais forte. O 8º colocado na fase de grupos é rebaixado automaticamente, e o perdedor da primeira partida eliminatória entre o 5º e o 4º lugar, joga uma MD3 contra o 6º time da fase de grupos.

Quem vencer está salvo e quem perder joga contra o 7º colocado. O perdedor dessa partida precisa jogar a série de acesso, uma disputa MD5 com o segundo colocado do circuito desafiante daquela temporada. Quem vencer, é promovido (ou se mantém) no CBLoL. Quem perder, é rebaixado (ou se mantém) no circuito desafiante. Assim como na temporada 2017, quem vence o circuito desafiante é automaticamente promovido para o CBLoL e joga a temporada seguinte no campeonato principal.

LoL

Com a nova configuração, o nível técnico deve crescer e a fase de grupos se torna muito mais importante do que antes – além da disputa em MD3 que não permite empate, o primeiro colocado tem a vantagem de ir direto para as finais, e quanto mais no topo da tabela o time está, menos disputas ele tem que vencer para chegar até a final.

A data exata do início do CBLoL 2018 ainda não foi anunciada, mas já sabemos as equipes que vão participar. São elas: INTZ e-sports, paiN Gaming, ProGaming esports, Red Canids, Team One (vencedora de 2017), CNB e-sports club, Vivo Keyd e KaBum e-Sports, que veio do circuito desafiante. Com certeza essas mudanças vão trazer um fôlego novo para o campeonato.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.