Rise of Tomb Raider: exclusividade para Xbox One e 360 é temporária

Rise of Tomb Raider: exclusividade para Xbox One e 360 é temporária

Último Vídeo

Além do novo Silent Hill de Hideo Kojima, a outra bomba da gamescom 2014 nesta terça-feira (12) foi a exclusividade de Rise of the Tomb Raider somente para a plataforma Xbox. Mas parece que quem é dono de outro console só precisará de um pouco de paciência: aparentemente, esse contrato da Crystal Dynamics está longe de ser vitalício.

Durante uma entrevista com o chefe da divisão Xbox, Phil spencer, o site Eurogamer questionou o executivo sobre a exclusividade e recebeu uma resposta direta. "Sim, o acordo tem uma duração. Eu não comprei ele [o jogo]. Eu não sou o dono da franquia", explica.

Aparentemente irritado com as perguntas, Spencer afirma que não vai falar sobre o tempo de duração, o valor pago à desenvolvedora ou mais detalhes do acordo entre as empresas. Para dizer que esse tipo de alteração acontece com frequência, ele citou como exemplo títulos e franquias como Dead Rising e Ryse: Son of Rome, que também acabaram "mudando de lado" com o tempo e ganhando novas plataformas.

Mas ele reforça que a ideia é lançar o game primeiro — e é nisso que os fãs precisam focar. Ele ainda confirmou que o console da Microsoft da geração anterior também receberá o título, algo que ainda não havia sido esclarecido. "Eu tenho Tomb Raider sendo enviado no próximo feriado [Natal e Ano-Novo] exclusivamente no Xbox. É Xbox One e Xbox 360. Não quero enganar ninguém sobre os rumos que isso tomará. O que eles fazem com a franquia em longo prazo não é minha propriedade. Não a controlo. (...) Não sei mais onde Tomb Raider vai", completa.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.