Voxel

Rockstar comenta inspirações na São Paulo de verdade para fazer Max Payne 3

Último Vídeo

Se você ainda não bota fé na ambientação da capital paulista em Max Payne 3, a Rockstar está disposta a convencê-lo. Em uma postagem em seu blog oficial, a desenvolvedora mostrou um pouco da pesquisa realizada para trazer o Brasil para os video games.

O objetivo é convencer os jogadores de que não se trata apenas de um bom jogo de tiro, mas de um game realista. O problema é que a empresa voltou a fazer uma salada entre as capitais, já que a São Paulo do jogo guarda muitas semelhanças com Rio de Janeiro. A Rockstar afirma, por exemplo, que estudou o funcionamento, o uniforme e o armamento de militares de grupos como o GARRA (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos) e as UFE (Unidades de Forças Especiais) a partir de filmes como “Tropa de Elite”, “Carandiru” e “Ônibus 174” – todos com contexto carioca.

Mas a empresa esteve na própria cidade paulista, já que conta ter tirado “centenas de fotos” para ajudar na composição de localidades típicas, como ruas, prédios e praças que identifiquem São Paulo – fora a realização de entrevistas com “cantores de bossa-nova, lutadores de jiujitsu e membros de gangues” que teriam fornecido ainda mais dados sobre a vida na Cidade da Garoa.

Max Payne será lançado em março deste ano para PC, PS3 e 360.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.