De acordo com uma fonte do Digitimes, a Nintendo está planejando aumentar a produção de Nintendo Switch para dois milhões de unidades fabricadas ao mês. Apesar de parecer um número grande, vale relembrar que o Switch está esgotado em diversos mercados do mundo, como Estados Unidos e Japão (quando o console volta ao estoque, acaba rapidamente).

Segundo a fonte, a Nintendo almeja alcançar a marca de 20 milhões de unidades enviadas às lojas do mundo todo. Até junho desse mês, sabe-se que a Big N vendeu 4,7 milhões de consoles, algo que estaria forçando a empresa a produzir mais para atender a demanda.

Digitimes

Por fim, o Digitimes também comenta que a Big N planeja atuar com o Switch no mercado chinês até o começo de 2018. Entretanto, aqui temos um ponto bem delicado: a China tem políticas bem restritas com a entrada de produtos no país, principalmente video games (o Xbox One chegou no fim de 2014 por lá e o PlayStation 4 apenas no começo de 2015).

De acordo com a matéria do Digitimes, a suposta falta de Switch mercado é por conta da escassez de alguns componentes-chave, como DRAM. Portanto, os estoques baixos não são ocasionados por conta de peças defeituosas ou atrasos de montagens.

Switch

Mas será que isso é verdade?

Em resposta aos dados publicados, o usuário do Twitter Daniel Ahmad (que é bem ativo na indústria de games) disse que grande parte das informações provavelmente são falsas ou incorretas. Segundo Daniel, a Digitimes é uma fonte para diversos assuntos, mas frequentemente erra quando o assunto é games.

Além disso, Daniel aposta que a marca de 20 milhões de unidades de Switch enviadas até o fim de 2017 é um número exorbitante (e, de fato, é) e que a informação real provavelmente é um reflexo de aumento de produção para as compras de fim de ano, que englobam Black Friday e Natal nos EUA, um período que realmente requer estoques maiores.

Por fim, mas não menos importante, o usuário do Twitter também disse que a Nintendo negou recentemente a possibilidade de entrar no mercado chinês em 2018. De qualquer forma, rumor deve ser tratado com o pé atrás sempre, mas é sempre bom refletir sobre as possibilidades.