Voxel

Sem medo do fracasso, Iwata vê inovação como o grande segredo da Nintendo

Último Vídeo

(Fonte da imagem: Reprodução/IGN)
Apesar de analistas de mercado e boa parte do público adorarem falar que a Nintendo vai falir a qualquer momento e que o Wii U é um fracasso, nada disso parece afetar as convicções de Satoru Iwata. Em uma palestra realizada no Japão, o presidente da Big N japonesa afirmou que não tem medo de falhar e que a missão da companhia não é se agarrar a um status quo, mas sempre tentar inovar em seus produtos.

De acordo com Iwata, essa é uma filosofia que ele herdou do antigo presidente da companhia, Hiroshi Yamauchi, falecido no mês passado. Segundo ele, Yamauchi sempre dizia que não é preciso se preocupar, pois você sempre terá bons e maus momentos e que isso faz parte da história da Nintendo.

Desse modo, Satoru Iwata afirma que não há sentido em fazer com que a “Big N” tente seguir o mesmo caminho que a concorrência está trilhando. Mais do que isso, ele diz que a Nintendo não é uma boa competidora e, para isso, a solução encontrada foi investir na criação de coisas novas para bater de frente com o chamado status quo da indústria. Para o presidente, é muito melhor ser criativo do que concorrer com aquilo que já existe no mercado.

De olho no Ocidente

Iwata ainda comentou sobre os riscos que a Nintendo encara ao trazer um game nascido no Japão para o Ocidente, visto que a cultura presente nesses dois tipos de público é bem grande. No entanto, ele considera esse tipo de ação como um risco que deve ser tomado, independente de as tentativas anteriores terem fracassado ou não.

Pikachu poderia ter sido assim (Fonte da imagem: Reprodução/NeoGAF)
Ele cita Pokémon como um exemplo prático disso, já que muita gente se via contra trazer a série para as Américas por considerar os monstrinhos demasiadamente infantis. O chefe da Big N nipônica conta que algumas pessoas chegaram a sugerir um redesign no Pikachu para torná-lo mais musculoso como forma de aumentar as chances de aceitação.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.