Voxel
01
Compartilhamento

Semana TCG: o que estamos jogando (17/09/2012)

Último Vídeo

Img_normal

Mais uma segunda-feira no mundo dos games, e chegou a vez de apresentarmos o quadro "O que estamos jogando". Talvez você pense que seja impossível que os títulos prestigiados por nós mudem a cada semana, mas acredite: a equipe BJ é muito grande, e nós simplesmente adoramos jogos eletrônicos.

Sem mais delongas, confira o que estamos jogando. Lembrando que aqui constam apenas os games que MAIS estamos jogando, embora possamos estar experimentando outros títulos simultaneamente. Além disso, aqui constam somente alguns dos integrantes da equipe BJ:

Para entrar no clima do Resident Evil 6, que está chegando em breve, voltei a jogar o título anterior da franquia. Já havia terminado a campanha há algum tempo, agora quero me dedicar mais aos achievements e aos detalhes do jogo. Sei que muitos fãs criticam a série, este título especialmente, mas ele é um dos meus favoritos. Realmente, a quantidade de enigmas diminuiu muito, mas a ação em Resident Evil 5 é sensacional.

Img_normal

Magias, magias e mais magias. A combinação entre diferentes elementos e o estilo extremamente descontraído da experiência tornam Magicka um jogo muito interessante. Bugs e outros problemas quebram um pouco a qualidade da jogatina, mas a fórmula da jogabilidade é bastante criativa. 

Não nego: sou doido por Counter-Strike! Quando soube da chegada de uma nova versão, não pude conter minha alegria por poder ter a chance de desfrutar novamente de um jogo que me traz tantas memórias. Para deixar tudo ainda melhor, descobri que a versão do PlayStation 3 oferece suporte para mouse e teclado USB, tornando a experiência ainda mais autêntica para quem é um fã das antigas. Go go go!

Lançado recentemente, o DLC Leviathan é uma oportunidade dos fãs de Mass Effect conhecerem um pouco mais do passado do universo criado pela BioWare. Nesse novo cenário, o comandante Shepard precisa investigar uma criatura misteriosa que foi capaz de derrotar um Reaper e que pode se mostrar um grande aliado na guerra.

O que chama a atenção da expansão é a maneira como ela explora elementos de jogo diferentes. Há momentos de investigação dignos de CSI, e situações que lembram bastante a atmosfera de survival horrors como Resident Evil. Embora não conserte o final do game, o DLC é um ótimo investimento para quem é fã da série.

Depois de muito tempo enrolando para começar este game, resolvi separar meu fim de semana para relembrar o último capítulo de uma das minhas trilogias favoritas. E não me arrependo: mesmo que esteja um pouco "datado" graficamente, The Two Thrones é extremamente divertido, com puzzles para agradar a todos os gostos e uma história envolvente que fecha com perfeição a aventura de Sands of Time.

Img_normal

Preparando o hype para o lançamento de Resident Evil 6, finalmente comecei a jogar RE5 — que estava há meses acumulando poeira na minha prateleira. Apesar de não ter jogado tanto quanto eu gostaria, já foi possível perceber as diferenças quanto aos seus antecessores. Ele é muito mais voltado para a ação, algo que você percebe logo no primeiro segundo de jogo, quando a câmera se posiciona exatamente sobre o ombro do personagem. Isso não faz dele um jogo ruim, apenas um pouco diferente daquilo que eu estava acostumado a ver. E que venha a sua sequência.

E você, o que está jogando neste momento?

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.