Shadow of Mordor ganhou desempenho no Xbox One graças à ausência do Kinect

Shadow of Mordor ganhou desempenho no Xbox One graças à ausência do Kinect

Último Vídeo

Seguindo um roteiro que já se tornou comum nos últimos meses, a Monolith é o mais novo estúdio a afirmar que um de seus projetos ganhou em desempenho graças ao fim da obrigatoriedade de usar o Kinect no Xbox One. Os recursos extras liberados pelo acessório possibilitaram que a versão de Middle-earth: Shadow of Mordor para a plataforma rodasse a uma taxa de quadros por segundo melhor do que a programada originalmente.

Em uma entrevista concedida à IGN, o designer Bob Roberts afirmou que os 10% de processamento adicionais liberados pelo acessório ajudaram o estúdio a evitar uma situação que “poderia ter sido um obstáculo controverso para o jogo”. No entanto, isso não impediu que houvesse certa confusão e discordâncias no que se refere à maneira como o game roda no PlayStation 4 e na plataforma da Microsoft.

Rumores indicam que, enquanto no Xbox One o título adota a resolução 900p e roda a 30 quadros por segundo constante, o PS4 adota a resolução 1080p e possui um framerate destravado. Questionada sobre a situação, até o momento a publicada Warner Bros. não fez qualquer espécie de pronunciamento oficial sobre essa possível discrepância.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.