SK e Luminosity têm atuações inconstantes no 1º dia das finais da ESL
08
Compartilhamentos

SK e Luminosity têm atuações inconstantes no 1º dia das finais da ESL

Último Vídeo

Finalmente, começou a etapa final da ESL Pro League Season 6, nesta terça-feira (5). Após a não classificação da Immortals, sobrou para a SK Gaming (SK) e a Luminosity Gaming (LG) representarem o Brasil na competição. Se por um lado a SK veio como a favorita para vencer o campeonato, por outro a Luminosity ainda é vista como o patinho feio que precisa se provar para conquistar destaque.

Segundo o ranking da HLTV.org, a equipe de FalleN começou dezembro como a top 1 mundial. Por isso, eles não deveriam ter dificuldades para vencer os dois primeiros confrontos. Contra a North, deu o favoritismo, e eles tiveram vida fácil para vencer por 16/7, na Overpass.

Em seguida, o desafio contra a contra a OpTic Gaming não parecia ser tão difícil. Mas como o Counter-Strike sempre é uma caixinha de surpresas, a SK não conseguiu repetir as boas atuações e terminou o dia com uma vitória e uma derrota. Veja o resumo dos jogos abaixo.

Logo em um dos primeiros do dia, a Luminosity protagonizou uma das partidas mais emocionantes do campeonato. Contra a HellRaisers, os brasileiros precisaram de três prorrogações para sair com a primeira vitória. Infelizmente para os torcedores brasileiros, terminou aí o sucesso da LG. Com atuações inconstantes, principalmente do lado Contra Terrorista, a equipe de SHOWTIME perdeu as duas partidas seguidas, contra a Astralis e a Fnatic, e ficou com um pé fora do torneio.

Luminosity Gaming x HellRaisers – Cache

A equipe brasileira já estreou na competição em uma das partidas mais emocionantes do dia. De Terrorista, a LG dominou todo o primeiro round, abriu 12/3 e parecia que tinha a partida nas mãos. Na segunda metade, Chelo não conseguiu ter uma atuação tão boa quanto antes, e a Luminosity se perdeu. Eles deixaram os adversários empatarem, e aí começou a série de prorrogações.

Se não fosse sofrido, não seria um time brasileiro. Cada round era muito acirrado, e nenhum time conseguia abrir vantagem. Foram necessários três overtimes para decidir quem sairia com a primeira vitória no campeonato. Sorte a nossa! Foram os brasileiros que abriram uma boa sequência e fecharam a partida com 25/23.

Luminosity Gaming x Astralis - Train

O cenário parecia promissor para os brasileiros. A Astralis, que é uma das favoritas da competição, tinha acabado de perder para a Fnatic e demostrava não estar em uma de suas melhores fases. Os brasileiros saíram na frente, mas a experiente equipe dinamarquesa não deixou a LG se alargar no placar, e o primeiro half terminou 9/6 para a Luminosity. Novamente, Chelo foi o destaque da LG, que fechou a primeira metade matando todos os jogadores adversários. 

De CT, a LG venceu o pistol round e começou bem a segunda metade. Mas foi só isso. Assim como contra a HellRaisers, os brasileiros não souberam se defender bem do lado Contra Terrorista e entregaram toda a vantagem. Sem dificuldades, os dinamarqueses viraram o jogo e fecharam a partida por 16/11.

Luminosity Gaming x Fnatic – Cobblestone

Mesmo vencendo o primeiro pistol, os brasileiros não conseguiram manter a boa vantagem e deixaram os adversários virarem e abrirem 5/1. Mas quando Chelo está em uma boa fase, não é fácil segurar a equipe brasileira. Eles colocaram a cabeça no lugar, venceram 8 rounds seguidos e abriram 9/6.

A segunda metade novamente não começou bem para a Luminosity, principalmente do lado CT. Eles perderam os três primeiros rounds e deixaram os adversários empatarem. Mas, em uma linda jogada, YeL mostrou todo seu clutch para vencer o round mesmo contra 2 e foi o início de uma ótima sequência para a Luminosity, que abriu 12/9. Porém, mais uma vez a LG mostrou um aproveitamento ruim de CT e acabou perdendo o jogo por 16/13.

SK Gaming x North – Overpass

SK começou bem, venceu o pistol e os dois próximos rounds, mas North se recuperou muito bem e diminuiu a diferença. Os brasileiros mostraram por que são o time número 1 do mundo; mesmo saindo atrás em alguns rounds, eles conseguiam virar e abriram uma grande vantagem no primeiro half. Destaque para Fer, que fez esse lindo lance abaixo. Os brasileiros abriram 9/3, mas no final acabaram deixando os adversários encostarem no placar, e a primeira metade terminou em 9/6.

Na segunda metade, a SK deu aula de como jogar de Contra Terrorista na Overpass. Com lindas jogadas, principalmente de Fer e TACO, os brasileiros simplesmente atropelaram os adversários e só perderam mais um round antes de fechar a partida por 16/7.

SK Gaming x OpTic  Gaming – Mirage

Sem dúvidas, a SK era favoritíssima para a partida, principalmente depois que a OpTic perdeu o primeiro jogo para a Ninjas in Pyjamas. Mas não foi isso que vimos. A equipe europeia começou na frente. Com experiência, porém, a SK Gaming mostrou o motivo de ser a top 1 do mundo e conseguiu se recuperar para fechar a primeira metade com 9/6.

Perder o pistol era algo que a SK não podia, mas aconteceu. O começo do segundo half foi muito disputado, mas a OpTic se saiu melhor e conseguiu virar o jogo e abrir 14/11. O cenário estava feio para os brasileiros, que não podiam mais errar. E eles quase não erraram, mas, nesse caso, quase não é suficiente.  A equipe de FalleN inovou com 3 AWPs e conseguiu empatar o jogo, porém a OpTic se saiu melhor nos dois últimos rounds e venceu a partida.

E segue o jogo!

A ESL Pro League segue até domingo (10), com a fase de grupo se encerrando hoje e os playoffs começando na sexta-feira (8). A cobertura dos times brasilerios você vai poder conferir aqui no Voxel.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.