Voxel

Skylanders Giants chega oficialmente ao Brasil com legendas e áudio em português

Último Vídeo

Você certamente já ouviu falar de Skylanders Giants, continuação do sucesso de vendas Skylanders: Spyro’s Adventure. Desenvolvido pela Activision, o título chama a atenção por apresentar um sistema divertido e inovador, que mistura video game com os bons e velhos bonecos de ação que toda criança gosta. Basta ligar o “Portal do Poder” ao seu console e inserir um Skylander em cima dele para que o monstrinho seja rapidamente digitalizado e vire um personagem jogável.

A novidade é que agora o título conta com uma versão exclusiva para o mercado brasileiro, com dublagem e legendas totalmente em português. O lançamento ocorreu oficialmente em 7 de dezembro, com o Starter Kit (pacote inicial contendo o jogo, Portal do Poder e três bonecos) sendo comercializado por R$ 299.

Em um bate-papo descontraído com o TecMundo Games, Noah Kircher-Allen (DEMO Specialist da Activision) revelou alguns detalhes sobre o título e motivos para o desembarque dos Skylanders em nossa terra.

Novas tecnologias resgatando velhos costumes

Pare, pense e diga a verdade: com o advento dos consoles de última geração, todos equipados com recursos que possibilitam a jogatina online – contra ou com competidores de qualquer parte do mundo –, quanto tempo faz desde a última vez que você convidou aquele seu melhor amigo para disputar uma partida rápida em seu video game em sua casa, cara a cara?

Infelizmente isso é algo cada vez mais raro, embora fosse o normal na época em que os consoles não se conectavam à internet. Tendo em vista que principalmente as crianças estão abandonando esse antigo costume de “ir ali na casa do Joãozinho” para se divertir na frente das TVs, a Activision resolveu implementar (e retirar) estrategicamente alguns pontos importantes em Skylanders Giants.

Sistema de jogo foi pensado para promover a interação entre os jogadores

Primeiramente, não existe um modo multiplayer online no título. Este ponto foi parcialmente criticado durante o lançamento do jogo, mas Noah explica: “Queríamos fazer com que as crianças voltassem a interagir umas com as outras, indo na casa de seus amigos, convidando-os para a sua; enfim, brincando juntos, mesmo que seja em um video game”.

É por esse anseio também que Skylanders Giants é um game universal, ou seja, seus monstrinhos e seu Portal do Poder funcionarão perfeitamente independente da plataforma na qual eles forem utilizados: PS3, Xbox 360 ou Wii.

Vale observar também que os dados de seu Skylander (nível, habilidades especiais aprendidas, itens equipados etc.) ficam guardados automaticamente dentro do seu próprio boneco. Caso você treine seu Tree Rex em sua casa e deixe-o o mais forte possível, ao levá-lo para o console de seu amigo todas essas informações e poderes estarão salvas e podendo ser utilizadas normalmente.

Starter Pack traz jogo, Portal do Poder e três bonecos

Possibilidades quase infinitas

Noah acredita também que a alta variedade de bonecos, alinhada com a interação entre os jogadores, forma a principal estratégia de Skylanders Giants para a conquista de seu público-alvo – as crianças. Afinal, existem ao todo 40 Skylanders diferentes (divididos em oito elementos) que podem ser comprados individualmente em lojas varejistas de todo o país; cada um possui duas linhas de história diferentes, que se formam de acordo com suas escolhas no decorrer do jogo.

Isso significa que é possível jogar o game de até 80 maneiras distintas, já que cada monstrinho possui suas próprias características, habilidades e poderes para entrar em locais secretos dos mapas. Enquanto o Tree Rex consegue levantar rochedos enormes para abrir caminhos, o Swarm pode voar durante alguns segundos, acessando ilhas que normalmente seriam inacessíveis. As possibilidades são inúmeras, fazendo com que seja difícil enjoar do game.

É importante lembrar que os bonecos do episódio anterior da série (Skylanders: Spyro’s Adventure) também funcionam normalmente em Skylanders Giants. Dessa forma, os baixinhos – que invariavelmente amam colecionar bonecos – divertem-se também coletando as dezenas de modelos disponíveis para venda. E acredite: são todos muito bonitos e bem-feitos, impressionando até mesmo os adultos.

Investimento no Brasil

Noah afirma que acredita fielmente no altíssimo potencial do mercado de jogos brasileiro, e é justamente por isso que a Activision pretende ser mais uma empresa do ramo a investir bastante no país durante os próximos anos. “Skylanders Giants não é só mais um jogo, é uma nova maneira de se entreter. Com legendas e dublagem em português, as crianças brasileiras podem se divertir ainda mais com o título, acompanhando todos os detalhes da história”.

O executivo também comenta sobre as possibilidades de Skylanders se transformar em uma franquia tão grande quanto Pokémon – embora não goste de comparar ambos. De qualquer forma, isso quer dizer que não vai ser nenhuma surpresa caso sejam lançados brinquedos, desenhos animados e diversos outros itens baseados no universo do game em um futuro próximo.

Jogo pode se transformar em uma franquia e ter produtos em outras áreas

E os impostos, como ficam?

Porém, a Activision também está ciente do grande obstáculo que precisará enfrentar caso queira que Skylanders Giants faça no Brasil o mesmo sucesso que já fez em outros países ao redor do globo: as taxas tributárias. A grande maioria das reclamações a respeito do lançamento diz respeito ao alto preço dos componentes necessários para se divertir com os monstrinhos; e tudo é fruto dos altos juros brasileiros.

O Starter Kit, como já dito, está sendo vendido ao preço sugerido de R$ 299. Já os bonecos podem ser encontrados por R$ 49 (os pequenos) e R$ 69 (os categorizados como “gigantes”, obviamente mais fortes dentro do jogo). Há ainda o Expansion Pack, que possui valor sugerido de R$ 249.

Pensando na tecnologia empregada nos bonecos e no Portal do Poder, o preço pode não parecer tão alto assim à primeira vista, mas, comparando com os valores americanos, é difícil não desanimar. Nos Estados Unidos, o Starter Kit pode ser encontrado em revendedoras oficiais da Activision por US$ 65; os bonecos pequenos saem por US$ 9,90, e, os gigantes, por US$ 14,90 a unidade. Ah, o Expansion Pack não vale mais do que US$ 24,90.

Sendo obrigada a vender suas criações por preços que chegam ao triplo ou mais do que os originais, a Activision realmente terá que suar a camisa para ter um número de vendas satisfatório em território brasileiro. Afinal, se um pai realmente atender ao desejo de seu filho de ter todos os bonecos disponíveis, adivinhe: ele vai desembolsar aproximadamente R$ 1.960 para tal "investimento”. Nada barato, não é mesmo?

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.