Skyrim Remaster roda em 4K nativo no PS4 Pro, mas há um preço para isso

Skyrim Remaster roda em 4K nativo no PS4 Pro, mas há um preço para isso

Último Vídeo

Um dos primeiros jogos a suportar 4K nativo no PS4 Pro é The Elder Scrolls 5: Skyrim Special Edition, a remasterização do emblemático RPG da Bethesda. O código para que o título rode no superconsole da Sony, aliás, já está incluso no disco (ou na versão digital), permitindo que os jogadores desbravem o mundo de fantasia medieval em 3840 x 2160 sem upscale.

Como sabemos, o PS4 Pro, graças à sua arquitetura mais robusta, consegue entregar um melhor anti-aliasing, isto é, uma correção de serrilhados de forma mais eficiente. Combinar esse aspecto com a resolução em UHD produz uma imagem muito, muito suave – e o preço disso é que a nitidez (sharpness) é sacrificada.

Ainda que o salto de resolução valha a pena para quem possui televisores 4K com HDR, alguns aspectos precisam ser observados. Como aponta o Digital Foundry no vídeo adiante, elementos como sombra, iluminação e artwork geral permanecem praticamente intactos com relação ao PS4 comum. Já com relação ao PC...

PC no ultra: ainda superior

Existe uma camada adicional em texturas, expressões faciais e riqueza de granitos, por exemplo, naqueles sutis detalhes que você observa ao aproximar a câmera da parede ou do chão. As draw-distances para objetos geométricos, no entanto, permanecem iguais no PS4 comum e no Pro.

O PC, por sua vez, consegue apresentar mais preenchimento à longa distância, desde rochas e árvores espalhadas pelo cenário até sinaleiros e aves que não se materializam no console da mesma forma.

Em suma, o salto na resolução, por vir embutido no código de programação do jogo, oferece aquele impacto visual de cara, de primeira, mas sacrifica um pouco a nitidez – ainda que esse detalhe passe despercebido por muitos usuários – e, no olhar clínico, também sacrifica outros preenchimentos. Os jogadores que curtirem o game numa TV que só faz 1080p verão o chamado “downsampling”, isto é, o game foi programado para o 4K nativo, mas sofre um “downgrade” para 1080p.

PC: ainda na frente

Traduzindo: considerando que Skyrim Special Edition já tem uma imagem limpa quando exibido num PS4 comum, o upgrade ao Pro não é tão dramático quanto em títulos que utilizam soluções anti-aliasing menos agressivas. É bom ter uma imagem suave, mas o preço que isso acompanha pode incomodar alguns, principalmente os “olheiros” de plantão.

A técnica provavelmente será aplicada a outros jogos futuramente. Também há o seguinte aspecto a ponderar: os desenvolvedores, com o tempo, vão dominar a arquitetura do PS4 Pro. Ao menos essa é a ideia. Dessa forma, sacrifícios não precisam ser feitos. Ainda assim, quem tem um televisor 4K com HDR vai se deliciar com o título da Bethesda.

Skyrim Special Edition está atualmente disponível para PlayStation 4 e Xbox One.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.