Voxel

Sledgehammer explica porque abandonou o seu projeto de Call of Duty em terceira pessoa

Último Vídeo

A Sledgehammer Games está trabalhando junto com a Infinity Ward no desenvolvimento de Modern Warfare 3, no entanto, a empresa já estava envolvida com a franquia da Activision antes de entrar para o fima de MW3. Se você acompanha o TecMundo Games deve se lembrar de que o estúdio estava preparando um jogo derivado da linha, que deixaria o gênero FPS para trás em detrimento de uma perspectiva em terceira pessoa.

Glen Schofield, fundador do estúdio, revelou em entrevista para a o site Gamespot que a equipe da Sledgehammer já estava trabalhando na sua versão de Call of Duty há seis meses quando a Activision ofereceu o convite para ajudar no desenvolvimento de MW3. Nesse período, o time da empresa já havia preparado um protótipo do jogo que, segundo o cofundador da Sledgehammer — Michael Condrey — se mostrava muito promissor.

Entretanto, a oferta para participar de Modern Warfare 3 foi irrecusável e o projeto acabou ficando de lado. Ainda há esperança para o Call of Duty em terceira pessoa, mas por enquanto todos os esforços do estúdio estão voltados para MW3.

Call of Duty: Modern Warfare 3 está agendado para novembro, com cópias para PC, PlayStation 3 e Xbox 360.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.