Voxel
48
Compartilhamentos

Sony confia nas empresas menores para manter o lançamento constante de games no PS4

Último Vídeo

Nada é pior para o início da “carreira” de um console do que uma quantidade pequena de títulos disponíveis – foi o que aconteceu, por exemplo, com o Wii U e o PS Vita. E em um primeiro momento, alguns podem pensar que o PS4 está seguindo o mesmo caminho: o aparelho terá apenas três games grandes em seu lançamento, sendo eles DriveClub, Killzone: Shadow Fall e Knack.

Mas Shuhei Yoshida, o Presidente da Sony Computer Entertainment, não acha que a falta de títulos grandes possa ser um problema. Em entrevista ao Polygon durante a gamescom 2013, ele apontou que uma das maiores apostas do console para compensar isso é seu apoio à comunidade indie, que, de fato, já está gerando resultados: até o fim do ano, o PS4 terá outros 30 títulos menores e ainda pode ganhar muitos outros.

Para provar a força que esses games menores podem ter para o console, Yoshida cita Journey, um jogo “menor” que chegou a competir com títulos de sucesso como Call of Duty em premiações. “Então isso diz algo, que mesmo os títulos menores têm impactos grandes, similares, ao consumidor”, declarou.

First-parties no seu próprio ritmo

Outro fator que deve ajudar o PS4 consideravelmente é o enorme apoio que ele vem recebendo das third-parties. Graças a isso, o console tem garantia de receber novos games com certa constância e as first-parties da Sony – como a Naughty Dog e a Sony Santa Monica – podem seguir trabalhando em novos títulos, focando na qualidade à rapidez de desenvolvimento.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.