Voxel

Sony detalha filosofia dos publicadores independentes no PS4

Último Vídeo

Fonte: Divulgação/Sony
A Sony anunciou o PlayStation 4 durante um evento especial em fevereiro deste ano e aproveitou a Electronic Entertainment Expo (E3) para confirmar que seu novo console privilegiará os desenvolvedores independentes. Agora, a companhia resolveu dar mais detalhes sobre sua filosofia de publicação própria de jogos de pequenos desenvolvedores, o que deve alegrar (e muito) a vida dos jogadores.

Para começar a explicação, a empresa revelou que as bases de publicação própria no PS4 se resumem em quatro pilares. O primeiro deles afirma que “todo desenvolvedor é um publicador em potencial”. Em outras palavras, a empresa quer firmar relações de confiança com estúdios que atuem como publicadores do próprio trabalho. “Cada um dos desenvolvedores é um publicador em potencial. Nós não separamos ou segregamos publicadoras indies de tradicionais”, afirma Agostino Simonetta, gerente de relações sênior da Sony Europa.

Essa forma de tratamento indistinto leva ao segundo pilar estabelecido pela Sony, que é a “igualdade de oportunidades”. Isso significa que a companhia disponibilizará suporte a todos os seus parceiros e não dedicará apoio exclusivo a quem publicar determinado número mínimo ou máximo de games — como acontece comumente nos dias de hoje.

Simonetta conta que o terceiro pilar é oferecer uma “relação pessoal” por parte da Sony, que pretende estreitar laços com cada uma das empresas que produz jogos. Com isso, nenhum desenvolvedor deverá entrar em contato com a dona do PS4 através de um portal impessoal. Em vez disso, o que deve acontecer é uma política de portas abertas, na qual os publicadores terão acesso direto à equipe promocional e de decisões de marketing dos games.

Apenas games!

Fonte: Divulgação/Sony
O quarto e mais importante dos pilares apontados por Simonetta afirma que a Sony não quer colocar empecilhos aos desenvolvedores, haverá “apenas jogos”. “Nós estamos trabalhando muito duro para garantir que o novo PlayStation seja tão perfeito para os desenvolvedores independentes que queiram vir e trabalhar conosco”, finaliza o gerente da Sony.

A intenção da Sony é fazer com que os desenvolvedores possam entregar os melhores trabalhos que eles sejam capazes de fazer. Enfim, a fundamentação teórica da proposta da dona do PS4 é muito bonita. Agora temos que esperar o andamento dos trabalhos para descobrir se a empresa está mesmo cumprindo o que prometeu e, se depois que o console da oitava geração for lançado, as empresas terão mesmo tantas regalias.

Vale lembrar que o PlayStation 4 tem previsão de chegada ao mercado no final deste ano, antes das festas de Natal. Vamos torcer para que tudo corra como o esperado.

Fonte: DigitalSpy

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.