Voxel
08
Compartilhamentos

Sony em novo ataque extremo contra piratas

Último Vídeo

Fonte da Imagem: Divulgação
A Sony comentou que está planejando uma ação legal contra outros hackers que têm ligação com a tão comentada violação de segurança do PlayStation 3 — caso que ganhou bastante repercussão graças ao processo da companhia a George “GeoHot” Hotz.

De acordo com o site PSX-Scene, a dona do PS3 deseja que vários sites enviem as identidades dos usuários que estão envolvidos na equipe de hackers que esteve por trás da quebra de segurança do console. Na lista, temos endereços famosos, incluindo Twitter, PayPal, YouTube, SlashDot, Github e até mesmo o PSX-Scene.

A Sony convida os sites a divulgar detalhes de contato de cada um dos usuários, assim como informações pessoais e IPs.

No tribunal, a Sony já venceu GeoHotz, que, segundo a lei, infringiu a lei estadunidense de direitos autorais digitais, obrigando o réu a parar suas atividades.

Como se não bastasse essa atitude, rumores indicam que a Sony planeja tomar outra atitude extrema para evitar a pirataria. De acordo com o site PS3-Sense, a companhia pode passar a incluir códigos seriais para cada jogo.

Com isso, o jogador terá que introduzir um código quando comprar um jogo e jogá-lo pela primeira vez em seu PS3. De acordo com o site, o código só poderá ser utilizado em até cinco consoles diferentes. Sem dúvidas, algo que vai atrapalhar não somente os hackers, mas a troca e empréstimo de jogos, e também as locadoras. Resta esperar por uma posição oficial da Sony em relação ao assunto.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.