Sony explica ausência de games independentes em sua conferência na E3
Seja o primeiro a compartilhar

Sony explica ausência de games independentes em sua conferência na E3

Último Vídeo

Apostando em muitos games já conhecidos do público e em poucos anúncios, a conferência da Sony na E3 deste ano foi um tanto “morna” na opinião deste autor. No entanto, mais do que a falta de lançamentos de peso, chamou a atenção o fato de que não houve um espaço dedicado a jogos independentes — algo que havia se tornado padrão em anos anteriores.

Em uma entrevista concedida ao site Games Industry International, o chefe de vendas globais e marketing da empresa, Jim Ryan, esclareceu os motivos para essa mudança. Segundo ele, não valeria a pena para a empresa e para o público ver somente um trailer rápido no qual diversos jogos são exibidos sem muito contexto.

essas colagens de vídeos com 10 games independentes mostrados em um minuto são praticamente insignificantes

“Uma das coisas que percebemos é que essas colagens de vídeos com 10 games independentes mostrados em um minuto são praticamente insignificantes. Ninguém consegue aprender mais sobre esses jogos nesse tipo de tempo. É algo que é visto quase como uma perda de tempo”, afirmou Ryan.

“Havia um tempo e lugar, no começo da vida do PS4, para fazer afirmações. Era mais sobre mostrar que éramos sérios quanto aos indies e que estávamos fazendo isso e aquilo com eles”, complementa o executivo. “O fato que decidimos, entre outras coisas, como Gran Turismo e PlayLink, não dar espaço a eles no palco esta semana, não significa de qualquer maneira que eles não são importantes ou que eles não estão lá, ou que não nos preocupamos com isso. Só que era algo bom de falar em 2013/2014 e agora se tornou menos relevante. Temos a realidade virtual para falar algo, por exemplo”.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.