Voxel

Sony: PSN volta no Japão, atualização adiada e novos hackers ameaçam empresa

Último Vídeo

Embora os serviços básicos da PSN tenham sido restaurados na metade de maio na América e na Europa, o mesmo não pôde ser dito do sistema japonês. Por conta de uma série de restrições locais, os usuários nipônicos continuavam sem poder se divertir online.

No entanto, o presidente da Sony, Kaz Hirai, veio a público na última semana para informar que o acesso à rede iniciaria após 30 dias de apagão. A restauração, de acordo com Hirai, iniciou no último sábado, 28, no Japão, Malásia, Tailândia, Cingapura, Indonésia e Taiwan. Além disso, todos os benefícios oferecidos aos jogadores ocidentais estariam disponíveis – conforme o próprio TecMundo Games noticiou anteriormente.

Empresa irá testemunhar ao governo americano

Enquanto isso, a gigante japonesa ainda precisa prestar contas ao governo dos Estados Unidos sobre o vazamento das informações de usuários que ocorreu em abril. Na próxima semana, o presidente da divisão internacional da Sony Network Entertainment, Tim Schaff, irá ao subcomitê de Comércio explicar o que permitiu a invasão e o roubo de dados.

Atualização adiada

Voltando à segurança e estabilidade da PSN, a atualização que a Sony havia programado para esta terça-feira foi adiada. O comunicado foi feito dentro do fórum oficial do PlayStation, na página da empresa.


Segundo o moderador da comunidade, ainda não há nenhuma informação sobre a nova data, mas que ela será divulgada assim que for decidida. Sendo assim, ainda é possível conectar-se à rede online do PlayStation.

Hackers voltam a ameaçar a Sony

Se você acredita que a guerra entre a empresa e os hackers acabou, saiba que as chances de estar enganado são bem grandes. Isso porque um novo grupo de usuários afirmou que irá investir contra a companhia. Membros da Lulzsec afirmaram pelo Twitter que este é o início do fim da Sony. Segundo eles, os preparativos para o ataque estão indo a toda velocidade.

Embora não tenham nenhuma relação com a invasão do último mês, a Lulzsec obteve fama nas últimas semanas após hacker o site da rede de TV PBS e publicar uma notícia de que o falecido rapper Tupac Shakur estaria, na verdade, vivo. Além disso, eles também tiveram acesso à página da Sony BGM japonesa.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.