Voxel

Sony tenta justificar preço dos cartões de memória do PlayStation Vita

Último Vídeo


O chefe da Sony Computer Entertainment, Muneki Shimada, disse que a empresa preferiu usar dispositivos próprios de armazenamentos de dados para o Vita, aos cartões de memória usuais. A companhia acredita que dessa forma poderá garantir uma experiência estável a todos os donos do portátil.

Shimada disse ao site CVG que não está certo considerar os dispositivos de armazenamento como meros “armazenadores de dados”. Na realidade, os cartões de memória receberão as atualizações do sistema, bem como novos conteúdos e ainda mais novidades que deverão surgir com o tempo.

Todo esse discurso do chefe da SCE é para tentar justificar o fato de que o vindouro portátil da Sony não conseguirá salvar internamente percursos de muitos jogos. Fato esse, que não foi muito bem recebido pelo mercado, que logicamente apontou que o custo dos cartões poderá encarecer a experiência com o Vita.

Nos Estados Unidos, alguns sites de venda já estão oferecendo os cartões de memória específicos do Vita ao preço de US$ 29,99 o de 4 GB de tamanho, US$ 44,99 o de 8 GB, US$ 69,99 o cartão de 16 GB e US$ 119,99 o de 32 GB (R$ 54, R$ 81, R$ 125 e R$ 214, respectivamente, na cotação do dia).

O PlayStation Vita deve chegar ao lado ocidental do mundo no dia 22 de fevereiro de 2012. Até lá é saudável fazer uma boa economia para adquirir um cartão de memória junto com o portátil. Continuem ligados para mais novidades.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.