Soul Calibur VI é um “reboot” que prioriza a diversão com espadas
02
Compartilhamentos

Soul Calibur VI é um “reboot” que prioriza a diversão com espadas

Último Vídeo

Em uma entrevista realizada pela revista Famitsu, o produtor Motohiro Okubo, o diretor de produção Michinori Ozawa e o diretor Yoshiyuki Takanashi falaram um pouco mais sobre Soul Calibur VI. Segundo eles, o game deve ser encarado como uma espécie de “reboot” da franquia que quer se focar em oferecer uma experiência divertida de combate com espadas.

O desenvolvimento foi decidido tanto a partir do fato de que a série está completando 20 anos quanto pela ausência de qualquer jogo de combate 3D com armas na geração de consoles atual. A história vai reapresentar as origens da série ao mesmo tempo em que introduz novos personagens importantes para a trama, sendo que a parte básica do sistema de combates não mudou muito.

No entanto, quesitos como velocidade e resposta estão sendo ajustados para garantir que todos os jogadores vão poder ter uma experiência confortável. A novidade mais interessante é a mecânica “Reversal Edge”, que permite se defender de quase todos os ataques com um único botão — ao dominar isso, até mesmo iniciantes podem ter chances contra jogadores mais veteranos.

Também haverá a volta do sistema de Critical Edges e o “Soul Charge”, que possibilita carregar certas habilidades para aumentar seus poderes. Além disso, uma mecânica conhecida como “Lethal Hit” vai permitir que jogadores avançados criem combinações capazes de destruir os equipamentos de seus adversários.

Soul Calibur

Os desenvolvedores também garantem que a parte de criações de personagem vai voltar de alguma forma e que o processo de desenvolvimento do jogo já está 70% concluído. Com versões para PlayStation 4, Xbox On e PC, Soul Calibur VI está programado para chegar às lojas em um momento ainda não definido de 2018.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.