Voxel

Speedrunner realiza proeza histórica em Doom 2 [vídeo]

Último Vídeo

Desde que Final Doom foi lançado como um pacote adicional de mapas para Doom 2, há 19 anos, um desafio permanecia ainda sem conquistador: atravessar o penoso The Plutonia Experiment de forma acelerada, sem morrer nenhuma vez e no nível de dificuldade “Nightmare”. Isso sem dúvida torna a conquista do speedrunner “Zero Master” inegavelmente histórica.

“Faz 19 anos desde o lançamento de Final Doom”, disse o sujeito em seu canal no YouTube. “Ninguém jamais tentou atravessar rapidamente nenhum único segmento na dificuldade ‘Nightmare’ antes sem utilizar algum tipo ferramenta, por causa da dificuldade.” Talvez valha mostrar em detalhes o tipo de inferno virtual enfrentado pelo heroico Zero Master.

Dificuldade excruciante

Conforme consta em uma Wiki dedicada à franquia, no modo Nightmare, os inimigos de Doom 2 se tornam muito mais rápidos do que o normal. “Os monstros demoníacos mais comuns de Doom original são os mais afetados por esse modo”, consta na página.

“Demônios e espectros relacionados se movem e atacam duas vezes mais rápido do que o usual. Alguns projeteis também são acelerado para até 15 vezes por ciclo, tornando as bolas de fogo disparadas pelo ‘Imp’ e o ‘Cacodemon’ 50% mais rápidas do que o normal, enquanto que os projéteis do ‘hell knight’ e do ‘baron of hell’ são acelerados em 33%. Estes e outros monstros também atacam com muito mais frequência, normalmente se movendo pouco depois que colocam o alvo em mira.”

Além de partir para cima do protagonista com cólera homicida sem paralelo, os inimigos no modo Nightmare também são capazes de ressurgir — de “dar respawn” — dentro do mundo de jogo. Mesmo no modo de dificuldade “Ultra Violence”, ainda é possível varrer uma sala de inimigos e parar para respirar... Luxo não reservado a quem encara o modo Nightmare.

Habilidade e muita sorte

A aventura de Zero Master estendeu por 45 minutos e 57 segundos de habilidade temperada com a mais pura sorte. A parte da habilidade é óbvia: atire em tudo o que puder, o mais rápido que puder — e torça para que seja suficiente.

Entretanto, mesmo uma habilidade que beire algo sobre-humano pode não ser suficiente no modo mais insano de Doom 2. “O dano que eu tomei foi aleatório, de forma que é preciso ter sorte às vezes”, explicou o sujeito em seu portal.

“Por exemplo, os ‘revenants’ podem causar dano máximo de 80 (64) em ataques à distância (corpo a corpo), o ‘baron’ e o ‘hellknight’ chegam a 40 (60), o ‘mancubus’ pode causar até 64 por disparo por bola de fogo disparada (e eles disparam duas de uma única vez), o ‘demon’ e o ‘spectre’ chegam a 40 (com ataques muito rápidos), enquanto que os ‘chaingunners’ vão simplesmente despedaçá-lo se conseguirem chegar perto.”

Embora mencione apenas dados máximos ali, o speedrunner também lembra que o mínimo de dano provocado é de 10 pontos — algo bastante alto, considerando-se que morrer uma única vez já invalida todo o esforço.

Alguns truques na manga

Embora a habilidade certamente tenha sido crucial para a conquista, Zero Master reconhece que o feito não teria sido possível sem alguns truques. Nada que alterasse o jogo, entretanto. Trata-se apenas de manhas e falhas do próprio jogo que se pode explorar aqui e ali. Confira algumas delas:

Glide: valendo-se de falhas da engine, essa técnica permite acessar locais que você normalmente não poderia — pontos altos, travessias de paredes etc.

Rocket Jump: utilizando o lançador de foguetes (rocket launcher), é possível lançar o personagem para o alto ou para longe — muito mais do que suas habilidades normais poderiam. Embora normalmente envolva perdas grandes de danos, essa técnica é vital para tomar atalhos, chegando mais rapidamente ao final do mapa.

Suicide exit: trata-se de um método bastante popular entre speedrunners de Doom. Embora, convencionalmente, o personagem não possa morrer nenhuma vez, é permitido um salto suicida capaz de se aproveitar da geometria da fase para chegar de pronto à saída — o avatar vai morrer, mas a fase é passada. Posteriormente, o protagonista regtornará com a saúde integral, além de uma pistola com 50 balas.

Baixas demoníacas durante a travessia

Mesmo com um método mais focado na velocidade do que no abate de monstruosidades, Zero Master com certeza despachou vários deles para o além-túmulo (ou sabe-se lá onde) durante a sua travessia.

Confira os números:

  • 704 chaingunners
  • 422 revenants
  • 123 cacodemons
  • 90 barons
  • 151 hell knights
  • 23 cyberdemons
  • 4 Masterminds
  • 315 shotgun guys
  • 86 zombiemen
  • 74 pain elementals
  • 140 mancubus
  • 94 arachnotrons
  • 99 arch viles
  • 436 imps

The Plutonia Experimente foi criado pelos irmãos Dario e Milo Casali como parte de Final Doom — pacote de mapas desenvolvidos por fãs do game e, posteriormente, lançado de forma oficial como episódios adicionais de Doom 2.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.