Voxel

Splinter Cell: Blacklist não irá ignorar história de Conviction

Último Vídeo

Img_normal
Por mais controversa que a trama de Splinter Cell: Conviction possa ter soado para alguns fãs do agente Sam Fischer, o diretor criativo de sua sequência, Maxime Béland, afirmou que o roteiro de Blacklist começará seis meses depois de seu predecessor, sem ignorar nenhum de seus acontecimentos.

“Não teremos o presidente chegando para Sam para pedir a sua ajuda mais uma vez, dessa vez a aventura será mais pessoal”, explicou Béland. Além disso, o diretor explicou que os seis meses entre um jogo e outro será explicados dentro do próprio game.

Béland, que trabalhou em Conviction, também comentou sobre a sua participação no desenvolvimento do game anterior e de suas influências em Blacklist. De acordo com ele, o resultado final de Blacklist foi um verdadeiro Frankenstein, uma vez que a sua equipe de desenvolvimento alterou-se bastante durante o desenvolvimento. Sabendo disso, o diretor afirmou que ele e sua equipe estão trabalhando para ver quais aspectos de Conviction serão limados e quais continuarão na sequência.

Splinter Cell: Blacklist está previsto para chegar às prateleiras das lojas em março de 2013, com versões para PC, PlayStation 3 e Xbox 360.

Fonte: Joystiq

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.