Street Fighter V: modder conserta sozinho o bug de netcode

Street Fighter V: modder conserta sozinho o bug de netcode

Último Vídeo

Alvo de críticas há quatro anos, o netcode de Street Fighter V vem reunindo polêmicas desde o lançamento do jogo, estragando a experiência online de diversos jogadores. Porém, apesar das inúmeras reclamações que a Capcom recebe, sobre o código, de diversos membros da comunidade de SF5, desde 2016 parece faltar boa vontade da companhia para resolver, fazendo com que um usuário do Reddit corrigisse o bug com suas próprias mãos.

A correção foi realizada pelo modder Altimor, o mesmo que já havia acrescentado as Hitbox em Guilty Gear Xrd e Dragon Ball FighterZ. O trabalho de reparação, segundo o membro da comunidade de Street Fighter 5 do Reddit, levou cerca de dois dias e foi executado graças a um conhecimento de engenharia reversa, porém Altimor afirmou que, caso tivesse acesso ao código fonte do game, o processo de reparo teria durado apenas 30 minutos.

O bug do netcode está relacionado à sincronia do tempo de relógio para ambos os lutadores mas, no caso do erro, a questão é exatamente a falta de sincronia causada por um lag considerável apenas para um dos lados da luta sem que o outro combatente tenha conhecimento disso, resultando em "quebras temporais" para os jogadores, envolvendo a latência da luta.

https://www.youtube.com/watch?v=AMev1D6HoqA
(Fonte: Capcom/Reprodução)

Para quem tiver interesse em baixar o mod gratuito de Street Fighter V, basta clicar aqui e seguir as instruções de instalação. Importante reforçar que, segundo o site Eurogamer, a correção vem tendo uma recepção muito positiva dos usuários.

Uma solução para o Playstation 4, que sofre com as mesmas falhas, já está sendo identificada pelo modder.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários