Voxel

Superliga de LoL: 1ª rodada, Pain vence clássico e Keyd tropeça

Último Vídeo

No último final de semana aconteceu a primeira rodada da Superliga de League of Legends. A nova liga brasileira é organizada pela Associação Brasileira de Clubes de Esports (ABCDE), juntamente com a ESL Brasil . Os jogos começaram dia 4 (sábado) e irão até dia 23 de dezembro, sendo a grande final. Das equipes que jogam o CBLOL, apenas a RED Canids não participará da Superliga, pois não faz mais parte da associação. O torneio conta com dois grupos,  nos quais os jogos acontecem em séries de melhor de dois, com todas as equipes se enfrentando. Os dois melhores times de cada grupo avançam para a fase eliminatória com séries de melhor de cinco. A premiação do torneio será financiada pelo público, por meio de doações pelo Catarse e  parte da arrecadação irá para a instituição de caridade Recode.

LoL

[GRUPO A]

Vivo Keyd VS Brave e-Sports

Partida 1

A partida de abertura da Superliga não começou da melhor maneira. O jogo foi interrompido diversas vezes, ficando parado por 2 horas. Após todas as complicações, a partida pôde retornar. A Brave focou muito a rota do meio, banindo 3 campeões. Com isso, a VK optou por uma Le Blanc nas mãos de Gabriel “Tockers”, que no início da partida oprimiu a equipe da Brave. Aos 20 minutos de jogo, o placar de abates já somava sete a zero para a Keyd, e uma diferença em ouro em mais de 8 mil.

A composição agressiva da VK acaba não suportando a transição para um jogo mais extenso, as lutas em equipe acabam sempre terminando melhor para a Brave, a linha de frente com Cho’ Gath e Gragas consegue segurar muito do dano, além das ultimates do Taric, deixando todos da equipe invulneráveis. A VK não consegue trabalhar os pickoffs pelo mapa, e acaba perdendo a primeira partida.

Partida 2

A segunda partida começa muito parecida com a anterior.  A equipe da Brave parecia perdida, perdendo em todas as lanes. Mas a maior diferença era no meio, não sabendo lidar contra o Azir do “Tockers”, que logo no começo do jogo já contava com cinco abates.  A bola de neve contra a Brave só crescia, e antes dos 20min a Vivo Keyd já tinha destruído um inibidor. A Brave não consegue se recuperar na partida, perdendo sem nem conseguir derrubar uma torre da VK.

Pain Gaming VS CNB eSports

Partida 1

A primeira partida do clássico começou bem movimentada na rota do topo e a equipe da CNB não queria deixar uma estréia tranqüila para o “Takeshi”, que foi o primeiro a ser abatido. Isso deu brecha para os blumers também conseguirem a primeira torre da partida, abrindo vantagem no ouro. A CNB não consegue manter essa vantagem por muito tempo e a composição não tem uma boa iniciação, ao contrário da Pain, que cresce com o tempo, controlando muito melhor as lutas por conta dos vários controles de grupo que a sua composição tinha.

Mesmo com uma boa luta na proteção do seu inibidor da rota do topo, a CNB não consegue voltar na partida, “pbO” é pego na rota do meio juntamente com “Visdom”. Assim a Pain faz o barão e o dragão ancião fechando a partida.

Partida 2

Procurando suprir os problemas da primeira partida, a CNB  busca ter mais iniciação e controle de luta, trazendo Sejuani, Bardo e Ornn. Mesmo trabalhando melhor o draft, a CNB é muito pressionada nas rotas, com isso o caçador da Pain consegue garantir muita visão avançada. Em contrapartida, “Yampi” não consegue encaixar bem sua Sejuani, com muitas emboscadas frustradas. A Pain consegue abates e a primeira torre, abrindo bem a vantagem contra os blumers . Com uma partida muito mais controlada, a Pain Gaming vence e convence no clássico.

Após o primeiro dia, a tabela do grupo A terminou assim:

LoL

GRUPO B

Tshow VS Kabum

Partida 1

Com um draft muito mais defensivo, a Tshow sofreu grande pressão da Kabum. O Jayce do “Zantins” dominava a rota do topo contra o Maokai do “Nyuzinho”: com uma vantagem de farm muito grande era ele quem comandava as ofensivas da Kabum. Mesmo com as lutas em equipe sendo melhores para a Tshow, Zantins resolve fazer um split e leva um inibidor sozinho. Depoisi disso, a TSW tenta fazer um barão rápido, mas o a KBM contesta, Jayce brilha de novo, consegue uma tripla eliminação e garante a vitória para a Kabum.

Partida 2

A rota do topo continua sendo o ponto forte da Kabum, seguido pelo meio. “Zantins” continuou a oprimir o “Nyuzinho”, abrindo muito o farm. Mas a equipe acaba se afobando, e em duas tentativas de dive acabam cedendo muitos abates e a primeira torre para a Tshow.  A Kabum consegue controlar as lutas, a composição com 3 atiradores se sair melhor, e consegue reverter uma diferença de ouro de mais de 3 mil. A partida segue muito controlada, a diferença do ouro só aumenta, e após realizar o Barão a Kabum luta e realiza um ACE, abrindo a base da TSHOW e garantindo a vitória.

Operation Kino VS INTZ

Partida 1

A INTZ começa muito agressiva, “Shini” com seu Xin Zhao invade a selva inimiga e encontra “Ferchu”. O caçador a OPK tenta duelar, mas sai na pior, cedendo o primeiro abate. Mesmo com o número de abates estando sempre muito próximo, a INTZ faz melhores rotações e converte em objetivos e torres. Após tentar um pickoff no “Envy” na rota do meio, a OPK fica sem recursos para batalhar, perde dois membros e cede o barão. Após isso foi só a INTZ fazer o cerco na rota inferior,  eliminar grande parte da Kino e fechar a primeira partida com vitória.

Partida  2

A OPK troca de atirador, no lugar do “Kalec” entra “Garotumb”apostando em Kog’Maw como hiper carregador, mas as mudanças foram apenas essas. “Shini” continua muito agressivo com sei Xin Zhao, invadindo e negando muito farm do “Ferchu”. A OPK força algumas lutas e consegue alguns abates, mas muito recurso é utilizado para isso, e a INTZ aproveita do espaço para derrubar torres e garantir dragões.

A diferença de ouro a favor dos intrépidos é de 5 mil aos 21 minutos e ela só não abre mais graças ao split push da Fiora do “Aoshi”, que consegue garantir algumas torres e abates para a OPK, que tenta fazer um Barão, mas são interrompidos por uma ótima ultimate do Ornn do “Ayel”. A INTZ faz o Barão, e garante a sua vitória.

Após os jogos de domingo, o grupo B terminou assim:

LoL

A Superliga retorna no próximo final de semana, com partidas entre Pain x Brave 13h; ProGaming x Keyd 15h no dia 11. Já no domingo (12) jogam INTZ x T Show 13h; Team One x Kabum 15h. A transmissão é feita no próprio canal da Twitch da Superliga.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.