Surgem mais detalhes da prisão do cocriador de Counter-Strike
66
Compartilhamentos

Surgem mais detalhes da prisão do cocriador de Counter-Strike

Último Vídeo

A polícia de King County, em Washington, divulgou mais detalhes nesta terça-feira (9) sobre a prisão de Jess Cliffe, um dos cocriadores de Counter-Strike. O desenvolvedor de 36 anos é acusado de ter pagado para ter relações sexuais com um adolescente de 16 anos e ter filmado um desses encontros sem o consentimento da jovem.

Segundo os investigadores que cuidam do caso, as primeiras evidências para a prisão começaram a ser coletadas em maio de 2017, quando os policiais iniciaram as conversas com a jovem identificada como AC. Ela afirmou ter mantido relações sexuais com Cliffe três vezes entre abril e junho de 2017, tendo sido paga US$ 300 por hora em cada uma delas.

Counter-Strike

Segundo o advogado do desenvolvedor, Zachary Wagnild, ele não sabia que AC era menor de idade quando manteve relações com ela. “Mesmo que os fatos sejam verdadeiros conforme relatado, essa foi uma reunião a partir de um site adulto”, afirmou Wagnild. “Ele não estava procurando por mulheres menores de idade e não tinha idade de que ela era uma menor”.

Pelas leis do estado de Washington, é crime manter relações sexuais com uma menor de idade mediante pagamentos ou a troca de qualquer item de valor, mesmo que isso seja feito com consentimento. Cliffe pagou uma fiança de US$ 150 mil por suas ações e deve enfrentar uma audiência sobre o caso ainda este mês.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.