Voxel

Take-Two: vendas, adiamentos, Rockstar e nada de E3

Último Vídeo

A Take-Two revelou seu relatório financeiro para o segundo trimestre de 2010, com término no dia 30 de abril. Além de muitos números e dados sobre vendas, também conferimos algumas novidades interessantes dos jogos da companhia — incluindo algumas informações até então não divulgadas. Sendo assim, confira o que mais chamou a atenção nesta lista da dona da Rockstar e 2K Games.


Primeiramente, a Take-Two revelou um aumento de 54 por cento em sua receita líquida, passando de US$ 174,3 milhões — valor obtido no ano passado — para US$ 268 milhões. Para o período de seis meses, a receita líquida subiu de US$ 323,6 milhões para US$ 431,2 milhões.

A empresa comentou uma das razões disto vem das vendas de games como BioShock 2, Grand Theft Auto: Episodes from Liberty City no PS3 e PC, e Major League Baseball 2K10, assim como as vendas contínuas de NBA 2K10 e Grand Theft Auto IV — que, segundo a T2, já vendeu mais de 17 milhões de unidades.

“Nossos resultados além do esperado para o segundo trimestre refletem no desempenho sólido de nossos jogos AAA e a força de nosso negócio de catálogos”, informa Strauss Zelnick, diretor da Take-Two.

O presidente também comentou do sucesso de Red Dead Redemption, game que, de acordo com ele, “reflete o talento criativo inigualável que é uma força diferenciada da Take-Two”. “Red Dead Redemption atribuiu um novo patamar em qualidade e inovação”, diz Zelnick.

Beleza. A Take-Two está indo muito bem das pernas. Mas, agora vamos dar um tempo nos números e comentar sobre os games da companhia e sobre a triste notícia envolvendo a Rockstar, subsidiária da T2, e a Electronic Entertainment Expo (E3) deste ano.

Games e problemas

Lembram-se quando a Rockstar revelou que LA Noire deixaria de ser exclusivo para o PlayStation 3, chegando também ao Xbox 360? Pois é. Com isso, surgiram vários rumores que diziam que Agent — outro exclusivo do Cavaleiro Negro da Sony — seria outro jogo a “pular” para dentro do Xbox 360.

Img_original

Contudo, durante a conferência de lucros, a Take-Two deixou as coisas bem claras. Agent será mesmo exclusivo para PlayStation 3. Agora, entra outra questão: um exclusivo permanente ou temporário? Resta esperar até que a Sony comente sobre o game na E3, trazendo mais informações.

Espera aí: por que a própria Rockstar não comenta sobre o game na E3? Porque a Rockstar não estará presente no evento. Primeiramente, surgiram rumores de que LA Noire e Max Payne 3, ambos games de R*, seriam mostrados em um evento diferente realizado em uma data posterior.

 

Img_originalDepois, “um grande anúncio” da companhia teria sido tirado da E3, conforme especulações. Esta revelação supostamente seria Grand Theft Auto V ou o próprio Agent — até agora só sabemos seu nome e sua logo. Agora, com a Take-Two confirmou que a Rockstar simplesmente não estará presente na E3 deste ano.

Para acalmar os ânimos, Ben Feder, presidente da T2, comentou um pouco sobre Mafia II, confirmando a data de lançamento (24 de agosto) e reforçando o jogo como um divisor de águas. Mas, o melhor de tudo é que os jogadores poderão conferir uma versão demonstrativa de Mafia II no PC, PlayStation 3 e Xbox 360 em agosto, graças a uma campanha massiva de marketing.

Contudo, ao contrário de Mafia II, Max Payne 3 não apareceu na lista dos jogos que aparecerão ainda neste ano fiscal, confirmando o adiamento do game. Ben Feder justifica:

Nós não costumamos alterar a data de lançamento de nenhum de nossos títulos, nosso recente sucesso com Red Dead Redemption ilustra a importância e o benefício de dar aos títulos o tempo que precisam para mostrar seu potencial no mercado. O time da Rockstar está concentrado para fazer de Max Payne 3 a melhor experiência em entretenimento interativo.

A receita do sucesso

Como você pôde conferir acima, a Take-Two realmente gerou resultados satisfatórios. Tudo isso graças aos excelentes jogos da companhia. Vamos a alguns exemplos.

Red Dead Redemption, por exemplo, já vendeu mais de 5 milhões de unidades até o momento. O título chegou às lojas no dia 18 de maio, e em aproximadamente três semanas alcançou vendas que muitos games de peso não conseguem durante toda sua vida.

Img_original
A Take-Two, obviamente, comentou que está feliz com as vendas, e espera que o game continue rentável durante o ano, pois “excedeu as expectativas”. Red Dead Redemption será lançado também no Japão durante esta primavera, e deve receber mais conteúdos para download em breve.

E, falando em DLCs, a Ben Feder também disse que enquanto as outras empresas lançam DLCs para beneficiar os jogadores que compram os jogos novos, a Take-Two faz isso para estender a vida de seus games. Feder comentou que todos os jogos AAA precisam de DLC para continuar competitivos e afirmou que a indústria precisa desta “inovação”.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.