Voxel

Com temática espacial, Civilization: Beyond Earth deve chegar até novembro

Último Vídeo

A Firaxis Games anunciou recentemente um novo título de ficção científica para a série Sid Meyer’s Civilization. Chamado Beyond Earth, o título se passa em um cenário espacial envolvendo conflitos em planetas desconhecidos, o que nos faz lembrar de outro jogo da produtora, Alpha Centauri. O designer da desenvolvedora, Anton Strenger, diz que o título “certamente foi inspirando por Alpha Centauri, mas é um game diferente e independente”.

No futuro, eventos mundiais desestabilizaram o planeta Terra, levando a um colapso da sociedade moderna e dando origem a uma nova ordem mundial e a um destino incerto para a humanidade. Enquanto os seres humanos se esforçam para se recuperar, a nações recriadas concentram seus recursos em viagens pelo espaço profundo para desenhar um recomeço para todos nós.

Os jogadores entrarão nessa história como parte de uma expedição enviada para encontrar um lugar para chamar de lar diferente da Terra, cabendo a eles escrever o próximo capítulo na história da humanidade. Será necessário guiar seu grupo por novas fronteiras e criar uma nova civilização no espaço, o que irá envolver colonizar um planeta alienígena, pesquisar novas tecnologias, treinar exércitos, construir grandes Maravilhas e alterar a face de seu novo mundo.

Novo mundo, novos recursos

Como líder do novo planeta, você deverá tomar uma série de decisões importantes, que vão desde a escolha dos seus patrocinadores e a construção da sua colônia até o destino final que você escolher para a sua civilização. Listamos a seguir algumas das características de Sid Meyer’s Civilization: Beyond Earth.

  • Semeando sua aventura: você deverá estabelecer sua identidade cultural por meio da escolha de um entre oito patrocinadores de expedição, cada um com seu próprio líder e benefícios únicos de jogabilidade. Monte sua espaçonave, carga e colonizadores por meio de uma série de decisões que fornecem as condições iniciais para quando você chegar no novo planeta;
  • Colonizando um mundo alienígena: explore os perigos e benefícios de um novo globo cheio de terrenos perigosos, recursos místicos e formas de vida hostis bem diferentes das da Terra. Construa postos avançados, descubra relíquias extraterrestres antigas, domestique novos seres vivos, desenvolva cidades prósperas e estabeleça rotas comerciais seguras;
  • Rede de tecnologia: direcionando o progresso rumo a uma boa direção em meio a um futuro incerto, os avanços tecnológicos acontecem por meio de uma série de escolhas não lineares que afetam o desenvolvimento da humanidade. As novas técnicas são espalhadas por uma teia e organizadas em três temas amplos temas, cada um com suas condições de vitória distintas;
  • Sistema de quests: as missões são recheadas com a ficção a respeito do novo planeta e ajudam a te guiar por várias missões opcionais, auxiliando na coleta de recursos, atualizações de unidades e o avanço no jogo de forma geral;
  • Camada orbital: você deve criar e empregar forças militares avançadas e unidades econômicas e científicas que proporcionam capacidades estratégicas de ataque, defesa e suporte direto da órbita planetária;
  • Customização de unidades: desbloqueie várias atualizações por meio da teia de tecnologias e personalize suas forças como for mais vantajoso para seu estilo de jogo;
  • Multiplayer: até oito jogadores simultâneos podem competir pelo domínio do novo mundo alienígena;
  • Suporte a modificações: o título tem um sistema de apoio a mods que permite que você customize e expanda sua experiência de jogo.

Divulgação/Civilization

E quando chega?

Sid Meyer’s Civilization: Beyond Earth tem seu lançamento previsto para este outono no hemisfério norte, o que significa que deve sair entre setembro e novembro deste ano. O título terá versões para Linux, PC e Mac, que devem custar US$ 50 (cerca de R$ 110, sem impostos).

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.