Para além do terror: conheça a fórmula dos "sustos perfeitos" de Until Dawn

Para além do terror: conheça a fórmula dos "sustos perfeitos" de Until Dawn

Último Vídeo

São muitas as expectativas em torno de Until Dawn, o vindouro exclusivo da Supermassive Games para o PlayStation 4. E tamanha agitação não se dá apenas devido às qualidades gráficas do título: sua jogabilidade pretende fazer com que os jogadores se comportem como expectadores ativos de um filme de terror recheado por suspense e tensão.

Ao menos foi este um dos esclarecimentos feitos por Jez Harris, produtor cinematográfico da desenvolvedora, em entrevista ao PlayStation Blog. A “fórmula de cinco passos para sustos de tirar o fôlego” foi descrita pelo executivo, que confessou preferir engatar uma partida somente se acompanhado de amigos.

“O que estamos fazendo é tornar jogável um filme de terror. Você deverá jogar Until Dawn da mesma forma que assiste a filmes de terror. Eu, particularmente, estaria definitivamente com meus amigos”, comentou o produtor. Confira a seguir algumas das estratégias adotadas pelo estúdio que prometem fazer do jogo um clássico do gênero.

1 – Especialistas

Para que a história de Until Dawn abandone clichês e seja capaz de sustentar tensão durante toda a jogatina, especialistas do terror foram consultados. “Muito do jogo é sobre ficar quieto e não saber o que vai acontecer. Você pode pensar que será assustado a qualquer segundo, mas nada acontece, por exemplo, durante cinco minutos”, diz Harris.

Larry Fassenden e Graham Reznick, roteiristas do título, são descritos pelo produtor como “verdadeiras enciclopédias de terror em forma humana”. Filmes como Hotel da Morte e Stakeland são algumas das produções que contam com a assinatura da dupla.

2 – Elemento surpresa

Outra das intenções dos criadores do título é fazer com que os jogadores sintam-se confortáveis e seguros, como se tudo estivesse sob o mais perfeito controle. É aí que a surpresa acontece: “queremos que você se sinta como se soubesse o que está acontecendo e que fique em sua zona de conforto. Então podemos tirar você de lá de forma extremamente dramática na medida em que o jogo se desenrola”.

3 – Sustos verdadeiramente impactantes

As experiências dos jogadores acabam por criar um tipo de “hábito”; eles aprendem a se comportar de determinada maneira no momento em que situações semelhantes vêm à tona. Isso vale também para os sustos. “É claro que jogamos muito. Assim, você começa a se questionar se algo é realmente assustador – esquecendo que aquilo quase lhe fez borrar as calças há seis meses”, diz Harris.

É por isso que experiências sobre sustos verdadeiramente impactantes são feitas constantemente com “cobaias”. “Então fazemos testes. Trazemos jogadores novos para termos certeza de que ainda estamos causando impacto”.

4 – Science, b**ch!

Dados coletados por sensores que avaliam as respostas físicas dos jogadores são avaliados pelos desenvolvedores de Until Dawn. Temperatura e umidade da pele são alguns dos indicadores levados em conta durante os testes feitos com “cobaias”. “Se os picos registrados aparecem em diferentes jogadores, ficamos seguros de que estamos no caminho certo”. Harris confessa que se diverte bastante enquanto monitora o desempenho dos candidatos. “Ainda não causamos nenhum ataque cardíaco, mas acho que estamos perto disso”, comenta.

5 – Esconda sua própria fórmula

O produtor já reconheceu que sustos consecutivos podem fazer com que os expectadores simplesmente se cansem da narrativa e comecem, assim, a fazer previsões. “Sabíamos desde o começo que não queríamos uma sucessão de sustos. As pessoas acabam se tornando imunes a eles”, observou Harris. Trabalhar com elementos surpresa e “jogar o livro das regras” fora é a aposta do estúdio. “Uma boa parte de Until Dawn aborda o silêncio – não se saber o que virá a seguir”, finaliza o executivo.

Jez Harris não fez menções quanto à data de lançamento deste exclusivo para o PlayStation 4. Sabe-se que o jogo deverá chegar às prateleiras do mercado em algum momento deste ano.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.