The Division deverá ter jogabilidade “infinita”, reafirma diretor

The Division deverá ter jogabilidade “infinita”, reafirma diretor

Último Vídeo

Ao que parece, a Ubisoft está realmente empenhada em fazer com que The Division ofereça uma experiência de jogo que não se resuma a uma campanha, mas que traga opções de diversão que prendam os jogadores por muito tempo em sua jogatina. Isso já havia sido explicitado por Ryan Barnard, diretor do game, no início deste mês e agora foi reafirmado por Rodrigo Cortes, diretor de arte, em entrevista para o site IGN.

"Não pretendemos fazer uma história que, após seu término, você tire o disco e o coloque em uma prateleira. Queremos manter os jogadores se divertindo com o jogo de várias formas diferentes, por isso iremos oferecer atividades como PvP, PvE e várias progressões complementares", comentou Cortes.

“Primeiro há o desenrolar da narrativa, em que você pode finalizar a história e conseguir mais detalhes do enredo. Depois, existe a progressão de seus equipamentos, de suas habilidades e da sua base de operações. Você poderá realizar upgrades contínuos do personagem e da base em conjunto”, complementou ele.

"Esperamos que o jogador tenha uma jogabilidade infinita. Além disso, daremos muito suporte ao jogo após o seu lançamento. No entanto, neste momento, não posso revelar mais detalhes sobre isso", finalizou o diretor de arte. Recentemente, Cortes também explicou em outra entrevista que The Division deve ser encarado mais como um RPG do que um shooter.

Em desenvolvimento para PC, PlayStation 4 e Xbox One, The Division ainda não possui uma data estabelecida para seu lançamento, mas isso deve acontecer em 2015.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.