Voxel

The War Z chega ao Steam em meio a muita polêmica

Último Vídeo

Img_normal
The War Z chegou ontem ao Steam, mas a descrição na página do game acabou levando muita gente a “comprar gato por lebre”. Isso porque, segundo muitas pessoas que adquiriram o produto, não foi possível encontrar no título muitas das funções descritas na loja.

Um dos recursos mais questionados pelos jogadores foi o fato de o game não avisar na descrição que ainda se trata de uma versão Beta e incompleta do título (já que faltam recursos anunciados).

Outro problema foi o fato de o anúncio explicitar que The War Z possui um mundo aberto com muitas áreas para exploração, sendo que, na versão disponível no Steam, ele conta com apenas um mapa disponível.

Fonte da imagem: Reprodução/Neogaf
O anúncio ainda indica a possibilidade de criação de servidores privados, algo que também não é possível no título. Para piorar a situação, foi dito que seria possível jogar com até 100 pessoas simultaneamente por servidor, sendo que o limite máximo na verdade é apenas 50.

O desenvolvedor se defende

Para tentar acalmar um pouco o ânimo dos jogadores, o diretor geral da Hammerpoint Interactive, Sergey Titov, conversou com o Kotaku para tentar defender a sua obra:

“Nós estamos constantemente fazendo pesquisas em nossos servidores para perguntar aos jogadores o que eles acham do nosso trabalho. Atualmente, cerca de 93% dos nossos clientes estão perfeitamente satisfeitos com o game, sendo que 40% acham ele perfeito e 50% acham que está ótimo, mas pode melhorar em alguns aspectos.”

“Apenas 4% dos jogadores não gostaram e somente 3% odiaram. Isso significa que a grande maioria dos jogadores está satisfeita, mas os insatisfeitos sempre falam mais alto.”

Sergey também revelou por que o anúncio não diz que o game ainda se encontra em estágio Beta. Segundo ele, é porque não está mesmo. Sobre a falta de uma dificuldade “Hardcore”, Titov garantiu que ela está presente no título sim, mas muitos jogadores não estão usando esse recurso porque significa a morte permanente do personagem.

Sobre a capacidade dos servidores que prometia até 100 jogadores simultâneos, mas trazia apenas 50, Titov garantiu que os desenvolvedores diminuíram o número de jogadores simultâneos a pedido da comunidade, portanto ele não entende a reclamação, já que fez apenas o que os jogadores pediram.

Página do game no Steam já foi atualizada

Depois de toda essa confusão, a página do game no Steam foi atualizada. Desta vez, com as informações corretas e sem brechas para erros de interpretação. Contudo, a imagem do estúdio e do game podem ter ficado um pouco manchadas depois do episódio.

The War Z é um MMO no estilo zombie survival horror, e a ação se passa em um mundo aberto e com dimensões gigantescas. O game já angariou mais de 600 mil jogadores cadastrados sendo que, diariamente, mais de 150 pessoas participam de jogos nos servidores do game.

Fonte: Kotaku

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.