Voxel

“Titanfall não vai vender como Call of Duty”, diz co-fundador da Respawn

Último Vídeo

Img_normal

Vendas, números, vendas, números... Depois da diversão, vêm os negócios. E eles envolvem estatísticas, quantidade de vendas alcançadas, metas batidas e outros assuntos corporativos. Talvez nós, gamers, nem façamos ideia do tipo de dor de cabeça que as desenvolvedoras devem enfrentar. Quando falamos em Call of Duty, então, que vende que nem berimbau na Bahia, a tarefa é árdua. Inclusive para Titanfall, o aguardado shooter online da Respawn, segundo seu co-fundador, Vince Zampella.

“Construir uma nova franquia leva tempo. É uma nova marca [Titanfall]. Você constrói esse respaldo ao longo dos anos quando coloca [no mercado] uma nova franquia. Ela está apenas começando, então não vai vender tão bem quanto Call of Duty”, afirmou o executivo em entrevista ao canal KFI AM60.

Ainda que o número de vendas não alcance o patamar de CoD, Zampella está empolgado com Titanfall e disse que o projeto é uma paixão para a equipe. “Para nós, é meio que... Um projeto de paixão. Nós o adoramos. O jogo vai adotar aquela velha essência dos shooters e ao mesmo tempo transformá-la em algo vertical para que o game seja uma experiência nova, algo que as pessoas não terão visto antes”, exaltou.

Zampella aproveitou para ressaltar que Titanfall será um shooter de caráter exclusivamente multiplayer e será vendido por US$ 60 no seu lançamento em 2014. O game está agendado para Xbox 360, Xbox One e PC.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.