Voxel

Tomb Raider: Guardian of Light foi apenas um “esforço criativo”

Último Vídeo

Img_normal

Lara Croft and The Guardian of Light representou uma nova direção para as desventuras de Lara Croft. Não obstante, a empreitada não deve ir além assim tão cedo. Em entrevista ao site Joystiq.com durante a última edição da feira E3 (Electronic Entertainment Expo) o gerente global de marca da Crystal Dynamics, Karl Stewart, afirmou que o foco da desenvolvedora agora está na marca Tomb Raider e não mais centrado nas mecânicas inauguradas em Guardian of Light.

Além do mais, o próprio time que desenvolveu o game foi integralmente remanejado para a produção do novo Tomb Raider. “Nós não faremos um segundo jogo”, afirmou Steward. “Nós não faremos um segundo Lara. Para nós, [o jogo] Lara Croft foi , de certa forma, o mais distante que nós poderíamos ir com essa abordagem de Lara. Assim que nós terminamos Guardian of Light nós obviamente sabíamos que estávamos fazendo essa versão de Tomb Raider”.

Por outro lado, Guardian of Light certamente teve sua fatia de sucesso, embora não sem algumas escorregadas. “Em termos de negócios, ele teve muito sucesso. No que diz respeito aos problemas, algo que nos atormentou durante todo o processo — algo que, olhando para trás, nós certamente faríamos diferente — foi, definitivamente, o online. Eu acho que se nós tivéssemos a habilidade e as informações [certas] à época, nós teríamos sido mais transparentes.”

Por fim, Stewart afirma que Lara Croft and the Guardian of Light foi um “esforço criativo” para o estúdio, acrescentando ainda que o diretor do game, Daniel Neuberger, é o homem no timão também para o novo Tomb Raider. Este deve dar as caras em algum momento de 2012, com lançamentos previstos para PS3 e Xbox 360. Fique ligado para mais novidades.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.