Voxel
05
Compartilhamentos

Transição para o protocolo IPv6 pode afetar a jogatina online no PS4

Último Vídeo

A transição automática de endereços IPv4 para os novos protocolos IPv6 pode gerar complicações a quem usa o PlayStation 4 em jogatinas online. Acontece que a quantidade disponível de protocolos IPv4 deve acabar em maio deste ano no Brasil justamente em função do aumento da demanda de conexão por parte de novos consumidores. “A partir de então, alguns dispositivos novos poderão ter problemas para funcionar em rede, como aqueles que usam conexões ‘peer-to-peer’. Video games são um exemplo”, explica Antonio Moreiras, gerente de projetos do NIC.br, em entrevista ao site UOL.

Ainda conforme diz o especialista, o fornecimento de novos protocolos IPv4 compartilhados pelas provedoras pode fazer com que um mesmo endereço tente se conectar aos servidores de um mesmo jogo. Moreiras afirma também que problemas de conexões poderão ser notados somente por jogadores do PlayStation 4 – uma vez que o video game parece não admitir suporte à tecnologia IPv6. “A Sony deve ter priorizado trabalhar em outras funções do console durante seu desenvolvimento”, comenta o entrevistado.

A Sony, quando contatada pelo UOL, não quis comentar o assunto. O setor de suporte da companhia dos EUA não soube dizer se o PS4 vai suportar devidamente os protocolos IPv6. Significa então que a jogatina online via PlayStation 4 não vai mais ser possível? De acordo ainda com Moreiras, uma simples atualização de firmware já deverá fazer com que o console se adapte tranquilamente à transição de protocolos. De toda a forma, o especialista alerta: “Como a maior parte dos games não comporta conexões desse tipo, com IPv4 compartilhado, muitos podem não conseguir jogar um game online”.

Por ora, apenas uma possibilidade

Deve-se ressaltar que a transição dos protocolos IPv4 para os IPv6 deverá ser feita de modo gradual pelas provedoras. Significa, assim, que qualquer dispositivo conectado à internet deverá então oferecer suporte aos novos endereços – compatibilidade esta que deverá ser oferecida por um roteador.

Uma lenta e sólida adaptação

A transição do protocolo IPv4 para o IPv6 não é novidade. Discussões calorosas acerca do uso deste novo endereço têm sido travadas desde pelo menos 2006, época em que o Departamento de Comércio dos EUA começava a defender a rápida implantação do tal sistema. “Não é necessária uma adoção mais agressiva do protocolo IPV6 em setores privados no momento”, pode-se ler em relatório oficial publicado pelo Computer World.

Protocolos diretamente compatíveis

Conforme esclarece o portal IPV6, “O IPv4 e o IPv6 são diretamente compatíveis entre si. O IPv6 não foi projetado para ser uma extensão ou complemento do IPv4, mas sim um substituto que resolve o problema do esgotamento de endereços”. Acontece, porém, que cenários propícios à coexistência de ambos os protocolos deverão surgir – é aí, justamente, que a lenta e sólida transição entre os endereços ganha destaque.

“Não existe nenhuma barreira substancial de mercado que impeça as indústrias de investir no padrão IPv6 conforme as necessidades dos usuários”, afirma ainda o documento elaborado pelo Departamento de Comércio norte-americano.

Significa, dessa forma, que todas as devidas implementações deverão ser feitas gradativamente pelas empresas (e, naturalmente, também pelas provedoras de serviços de internet). Nesse sentido, uma atualização de firmware no PS4 e a devida adoção deste novo padrão pelas operadoras do Brasil não deverão gerar grandes problemas em partidas online, conforme bem mencionado por Moreiras.

E o Xbox One?

“A Microsoft equipou o console com uma tecnologia de túnel que é compatível com os protocolos IPv6”, observou Moreiras. O Xbox One, por já oferecer suporte aos novos endereços, não deverá enfrentar dificuldades na jogatina online durante a transição de protocolos.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.