Ubisoft atrasou Assassin's Creed Unity para ajustar economia e dificuldade

Ubisoft atrasou Assassin's Creed Unity para ajustar economia e dificuldade

Último Vídeo

A Ubisoft Montreal está utilizando as duas semanas de atraso no lançamento de Assassin's Creed Unity para refinar a dificuldade do jogo, balancear a economia e proporcionar a melhor experiência possível para o jogador. Além disso, a empresa prometeu o suporte após a estreia, incluindo uma atualização day one.

Vincent Pontbriand, o produtor sênior do jogo, revelou que o game deveria ser originalmente lançado no dia 28 de outubro, mas foi adiado para o dia 11 de novembro, pois “é um verdadeiro game para a nova geração, o que requer muito trabalho, muita produção e muito aprendizado”.

“Internamente, [o atraso] só nos deu alguns dias para lapidar o título”, informou Pontbriand ao site Videogamer.

Um game maior e melhor

“Nós estamos fazendo uma série de testes internos com dezenas de pessoas por sessão, visando assim conseguir feedbacks em coisas como... Bem, um exemplo concreto é o sistema econômico no qual nós podemos dizer: ‘Okay, esse equipamento é muito caro, ninguém nunca vai comprá-lo, então vamos baixar o preço’. Nós também ajustamos a recompensa ganha com as missões e coisas desse tipo”.

O produtor também revelou que a equipe pretende entregar uma experiência acessível, com intuito de atrair o público mainstream. O jogador deve se sentir superior, mas só o suficiente para que o jogo continue sendo recompensante.

“Nós queremos que [Assassin's Creed] permaneça acessível e mainstream, portanto visamos sentir o patamar de dificuldade, mas assegurando que o jogador sempre se sobressaia melhor do que a dificuldade-padrão de cada missão. Assim, ele sempre poderá se sentir mais forte e poderoso”, informou o produtor.

Ele também defendeu que os gamers não deverão se tornar arrogantes por serem fortes: “Caso ainda sejam iniciantes, nós queremos que eles atinjam um muro. Se estiverem no nível um e tentarem se arriscar com uma missão de classificação três, eles terão problemas. Mas quando atingirem esse patamar, nós queremos que eles se sintam preparados”.

“Então, nós pegamos essa oportunidade de alguns dias extras para trabalhar essas coisas e, é claro, limar alguns bugs e erros”.

E a resolução?

Embora Pontbriand tenha confirmado que o game vai rodar a 900p/30fps no PlayStation 4 e no Xbox 360, recentemente a Ubisoft informou que “os aspectos finais do jogo ainda não foram totalmente atingidos”. Além disso, ela defendeu que não houve um downgrade proposital na versão para o PlayStation 4 e que tanto a GPU do console da Sony quanto a da Microsoft são poderosas.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.