Ubisoft detalha sistema de reputação de Watch Dogs

Ubisoft detalha sistema de reputação de Watch Dogs

Último Vídeo

A Ubisoft parece não se cansar de falar sobre os recursos de Watch Dogs. Faltando apenas algumas semanas para o lançamento do game, a empresa continua trazendo mais novidades sobre o título, desta vez focando no sistema de reputação. Afinal, você não pode sair bagunçando a cidade sem ser odiado.

Os jogadores contarão com um pequeno medidor que vai apresentar como a população enxerga o protagonista. Ao estilo do que já temos em inFamous, Aiden Pearce poderá tanto ser o guardião que Chicago precisa — mas não o que merece — ou aquela ameaça invisível que todos temem.

Como não poderia deixar de ser, essas reações vão depender basicamente da forma como você reage às situações. Se o jogador controlar o personagem de maneira mais discreta e altruísta, é óbvio que as pessoas vão adorá-lo e vê-lo como um herói. Por outro lado, se ele se provar um tremendo babaca, não há porque não querer apedrejá-lo.

Só que a ideia é ir além do simples comportamento de NPCs ao seu redor, trazendo consequências maiores a essas ações. De acordo com o roteirista chefe do jogo, Kevin Shortt, a imprensa vai ser mais condescendente com o personagem se ele for visto como um herói quando ele cometer uma infração — roubar um carro, por exemplo —, mas também veremos reações mais implacáveis caso você se transforme em uma ameaça.

Ele conta que não se trata de um sistema de bom e mal. Segundo Shortt, os cidadãos vão realmente refletir quanto à presença de Aiden e o que ele representa. Segundo ele, isso foi feito para que não tenhamos uma transição drástica de reações, deixando tudo mais natural e realista.

Isso também significa que a transição entre um alinhamento e outro será bastante trabalhoso. Você pode sujar sua reputação com bastante facilidade matando um pedestre ou um policial inocente, mas terá de suar a camisa salvando pedestres e fazendo boas ações para conseguir reconquistar a confiança da cidade. Ao mesmo tempo, você precisa ser visto para que essas mudanças tenham efeito, o que significa que é possível ser um canalha, contanto que ninguém saiba disso.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.