Voxel

Ubisoft não espera que Assassin’s Creed 4: Black Flag venda mais que Assassin’s Creed 3

Último Vídeo

Img_normal
Durante uma conferência com acionistas, o CEO da Ubisoft, Yves Guillemot, admitiu que a empresa não espera que Assassin’s Creed 4: Black Flag venda mais do que a versão anterior da série. Ao todo, a empresa vendeu mais de 12,5 milhões do capítulo que marcou a estreia do protagonista Connor.

Apesar de as previsões não serem exatamente otimistas, Guillemot defende que Black Flag apresenta mais oportunidades do que seu antecessor. Segundo ele, a pirataria é um tema capaz de interessar a um número maior de pessoas do que a guerra que marcou a Revolução Norte-Americana.

“Estamos tentando alcançar mais do que no último ano porque achamos que o segmento de piratas é ótimo, podendo gerar mais em uma escala global do que o que foi alcançado no ano passado”, afirmou o CEO. “Mas queremos ser prudentes em nossas expectativas para que elas possam ser encaradas como um bônus caso elas sejam superadas”, complementa.

Lançamentos mais frequentes

Guillemot também afirma que a Ubisoft deve começar a botar novos títulos nas lojas com uma frequência maior. Segundo ele, a capacidade de produção da companhia permite que ela trabalhe em games de qualidade de forma mais rápida do que o que era possível em um passado recente.

Img_normal
“Vamos ser capazes de lançar nossas franquias de forma mais regular, oferecendo uma visibilidade maior a nossas vendas futuras e à nossa cadeia de lucros”, afirmou o executivo. “Tudo isso, combinado com o conhecimento online e a sabedoria que temos cultivado internamente nos fazem acreditar que vamos nos beneficiar de forma desproporcional da chegada da nova geração e do crescimento contínuo do mercado online”, finaliza.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.