A Ubisoft não seria a mesma sob o controle da Vivendi, afirma executiva
01
Compartilhamento

A Ubisoft não seria a mesma sob o controle da Vivendi, afirma executiva

Último Vídeo

Em um cenário no qual a Vivendi está adquirindo cada vez mais de suas ações, a Ubisoft está preocupada em perder a independência que mantém desde que foi criada. Embora ao grupo de mídia negue que está planejando uma “tomada agressiva” da desenvolvedora, isso não impediu que ela tomasse atitudes para evitar a perda de seu controle acionário.

Em uma entrevista concedida ao site PCGamesN, a vice-presidente de operações ao vivo da Ubisoft, Anne Blondel, explicou que é justamente a independência da companhia que a permitiu ser bem-sucedida. “Eu sei disso como um fato, estando lá há 20 anos, que se você nos separar de nossa independência, tirar a maneira como tomamos riscos e inventamos coisas novas, bom, não vai ser a mesma Ubisoft – para mim, não seria o mesmo”, explicou.

se você nos separar de nossa independência, tirar a maneira como tomamos riscos e inventamos coisas novas

“Às vezes nos arriscamos bastante. Se você pensar em The Crew, esse foi um risco. As pessoas pensam nisso de um jeito ‘talvez não vá funcionar, outro jogo de corrida, no que você está pensando?’. Child of Light, Valiant Hearts, todos os títulos desse tipo”, exemplificou Anne.

Além de realizar a recompra de muitas de suas ações graças às ações da Vivendi, a Ubisoft também apontou diretores independentes para cuidar de suas operações. O CEO e fundador da empresa, Yves Guillemot, já avisou que não vai mais continuar no cargo caso a desenvolvedora seja adquirida pelo grupo, que já atuou no mercado de video games através da Activision-Blizzard antes de as empresas comprarem de volta suas independências.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.