Voxel

Ubisoft: “Primeiro os portáteis dedicados, depois os demais”

Último Vídeo

Img_normalApós angariar um largo e reconhecido prestígio como uma das maiores third-parties da atualidade, a Ubisoft mira agora a sua rentável arma produtiva para os consoles portáteis que despontam no horizonte. Nomeadamente, o 3DS — que contará com seis títulos da publicadora logo no seu lançamento — e o temporariamente conhecido como NGP, a próxima geração do PSP.

Entretanto, o rico ecossistema dominado pela telefonia móvel não está, em absoluto, fora dos planos. Para tanto, a empresa pretende lançar mão de uma estratégia diferenciada de lançamento, conforme afirmou o CEO Yves Guillemot em recente reporte de lucros. “A Ubisoft pretende estender o tempo de vida das suas produções portáteis focando em duas fases de lançamento”.

Entretanto, bem entendido, os portáteis dedicados ainda têm a primazia. “Nós estamos trabalhando para assegurar que os jogos desenvolvidos para as máquinas portáteis possam ser adaptados (...) após gerarem bons lucros no 3DS ou no PSP2 [NGP]”, afirmou Guillemot. Dessa forma, “nós podemos partir para uma segunda fase, que consiste em baixar os preços para outras plataformas”.

Naturalmente, as “outras plataformas” a que o executivo se refere são os smartphone e afins; concorrência considerável, caso se considere, por exemplo, o iPhone e os preços tremendamente atraentes da App Store.

Enfim, mesmo com a excitação geral causada pelos novos portáteis dedicados, parece bastante razoável manter sempre um olho sobre o cada vez mais prolífero mercado da telefonia móvel. Enfim, a linhagem de Altaïr e Ezio ainda deve fazer muitas aparições em telefones mundo afora. Basta esperar pelas baixas nos preços.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.