Voxel

Universidade do Reino Unido acredita que Kinect pode ajudar vítimas de AVC

Último Vídeo

Fonte da imagem: Reprodução/Eurogamer
A Nottingham Trent University consegue um financiamento de £347.000 para construir o protótipo de um sistema que usa o Kinect como forma de analisar o comportamento de pacientes. O objetivo é criar um aparelho capaz de detectar assimetrias na face de uma pessoa conforme ela realiza exercícios físicos.

Todas as informações captadas vão ser enviadas a uma televisão ou monitor, através do qual médicos vão poder acompanhar em tempo real os resultados obtidos. Segundo o Dr. Philip Breedon, líder do projeto, o objetivo é aprimorar o tratamento de pessoas que sofrem com alguma espécie de paralisia decorrente de AVCs.

“É esperado que a melhoria na reabilitação ocorra através de dois métodos; primeiro ao dar respostas em tempo real aos pacientes sobre o posicionamento e grau das assimetrias em sua face, mostrando o local no qual esforços devem ser concentrados”, explica Breedon. “O segundo passo envolve a observação dos dados por terapeutas toda vez que os pacientes se exercitam, o que deve ajudar em diagnósticos e no desenvolvimento de planos de recuperação”, complementa.

O objetivo do projeto é tornar a tecnologia acessível até mesmo para quem não está acostumado a lidar com aparelhos eletrônicos. Dessa forma, o principal objetivo do time de desenvolvedores será criar uma interface de uso intuitiva que possibilite uma experiência de uso confortável.

Fonte: Eurogamer

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.