Verdade ou imaginação: violência sexual nesta cena de Bayonetta?
Seja o primeiro a compartilhar

Verdade ou imaginação: violência sexual nesta cena de Bayonetta?

Último Vídeo

Os japoneses são célebres por diversas conquistas: seu caráter multidisciplinar, o talento com eletrônicos, a rapidez de raciocínio, a personalidade neutra e diversos outros aspectos. Um deles, que os torna notórios, é a “taradice”. Não é segredo para ninguém que os nipônicos têm um lado “underground” geralmente explorado por meio de conotações e insinuações. Nesse sentido, a franquia Bayonetta cumpre seu papel com maestria.

É difícil dizer se a filosofia “a zoeira não tem limites” se aplica aos habitantes da Terra do Sol Nascente, mas o fato é que uma constatação no game gerou discussões acaloradas no NeoGAF e que, agora, se alastram em outros fóruns da internet.

Basicamente, o que ocorre é uma cena discutível numa batalha entre Bayonetta e um boss secreto, Rodin, que aplica um golpe semelhante ao que vemos no raging demon de Akuma em Street Fighter: a tela dá um apagão, alguns símbolos ou imagens de pancada brotam e, após esse “ritual”, o adversário aparece abatido no chão. E o que ocorre durante esse “ritual”, muitos se perguntam? Eis a batalha:

No caso de Bayonetta, a personagem, após tomar pancadas que a gente não vê, surge pelada, deitada de lado, enquanto o boss, Rodin, aparece à sua frente, também deitado e com uma postura de superação, como quem estivesse mentalmente perguntando: “e aí, foi bom para você?”. Na sequência, a personagem retoma as rédeas e volta à batalha. O GIF abaixo também ilustra a cena:

Imaginação do que pode acontecer estraga a magia de alguns jogadores, que mencionam abuso sexual ou até estupro

Essa é uma discussão longa e delicada. Os membros do NeoGAF estão até agora indagando a cena. Hideki Kamiya, o talento por trás de Bayonetta, respondeu a algumas perguntas de usuários no Twitter.

O artista explica o que acontece nesse “apagão” e diz que a personagem fica fraca e, portanto, sem a roupa. Não satisfeitos com a resposta, os internautas dizem que ela também fica fraca em outros contextos e isso não acontece. Mas aqui há o “raging demon”, e esse é um processo diferente.

O ritual consiste em “teletransportar o oponente ao inferno, onde os dois são afligidos por demônios, sendo que cada golpe reflete um pecado do passado. A técnica pode matar não apenas o oponente, como também o agressor. Apenas mestres verdadeiros do Satsui no Hadou podem sobreviver à técnica sem morrer”. Akuma seria um deles.

No microblog, os usuários indagaram por que isso não acontece em outros contextos. Kamiya explica que, após ela ser arrastada para o submundo (seria o inferno da explicação acima), isso acontece.

O criador também diz que esse é um “golpe letal de Rodin” e, por isso, “Bayo perde todo o seu poder temporariamente”:

“E ela precisa mesmo ficar sem as roupas durante o ataque?”, questiona um leitor. “É claro. O cabelo é um símbolo de poder”, respondeu Kamiya.

E você, o que acha disso? Imaginação, verdade, controvérsia? Não deixe de opinar abaixo.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.