Veteranos da indústria gamer apostam em um sonho: fazer jogos em uma van!

Veteranos da indústria gamer apostam em um sonho: fazer jogos em uma van!

Último Vídeo

Cansados da mesmice da indústria dos games e da burocracia dos grandes estúdios, três desenvolvedores veteranos resolveram jogar tudo para o alto e tomar controle de suas vidas profissionais. O controle, no caso, é uma van que roda pelas ruas e estradas dos Estados Unidos enquanto os passageiros criam games e entrevistam outros integrantes do setor de jogos.

Chad Stewart, Diego Almazan e Zeb West se conheceram na Bioware, quando participavam da equipe de desenvolvimento do MMO Star Wars: The Old Republic. Acabaram ficando amigos e compartilhando uma paixão pela cena independente de games, que permite um tipo liberdade criativa dificilmente encontrada nas grandes companhias do ramo. Com a redução de pessoal feita pela Bioware logo após o lançamento de SW:TOR, o trio resolveu finalmente investir em sua veia indie.

Formando o estúdio Binary Solo, os amigos começaram o projeto Indie Van Game Jam, com Chad na programação, Zeb cuidando da produção e design dos projetos e Diego tomando a responsabilidade pela arte. A ideia? Conhecer e explorar a cena indie dos Estados Unidos através da criação de games e de visitas a desenvolvedores por todo o país.

Essa história é uma viagem

O trio tentou angariar fundos para o projeto por meio de uma campanha no Kickstarter, mas não obteve apoiadores suficientes para ser financiado pelo site. Sem desanimar, eles resolveram levar o projeto à diante assim mesmo e conseguiram comprar uma van e para poder botar o pé na estrada – graças à ajuda de alguns doadores bondosos.

A Indie Van Game Jam funciona como uma web série com sete episódios nessa primeira temporada, que já foi filmada e está sendo liberada aos poucos. Em cada episódio, é escolhido um time ou desenvolvedor independente, que tem seus games analisados para que seja levantada uma questão central que simbolize a visão dele sobre a produção de jogos.

Durante a viagem dos membros do Binary Solo para o estúdio em questão, eles tentam criar um game que se enquadre no que foi discutido previamente, e, ao chegar no local, apresentam o resultado para a pessoa responsável pelos títulos analisados. Ao final da conversa, e munido do feedback do desenvolvedor, o time tenta aperfeiçoar o jogo na volta para casa, disponibilizando o resultado final, via download, para o público.

Festa dos games

Para assistir aos episódios lançados até agora – inteiramente em inglês – e baixar os títulos produzidos durantes essas viagens, basta acessar o site da Indie Van Game Jam. Em tempo: o termo “game jam” é geralmente relacionado às maratonas de desenvolvimento de jogos integradas por times pequenos em um prazo pré-estipulado.

Os eventos no estilo costumam reunir veteranos, iniciantes e simpatizantes da cultura indie e são muito populares internacionalmente. Esses encontros andam crescendo bastante no Brasil nos últimos anos também, contando até com eventos periódicos, como o SPJam.

Com tanta coisa rolando em vans pelo mundo todo e a cena nacional esquentando cada vez mais, será que veremos uma versão do Indie Van Game Jam em terras brasileiras? Quem aí apoiaria um projeto no estilo “Maratona de Jogos na Kombi”? Tô dentro!

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.