Voxel
01
Compartilhamento

Vídeo oficial mostra o que há de novo em The Division [vídeo]

Último Vídeo

A Ubisoft divulgou recentemente um vídeo para mostrar porque, afinal, a proposta de The Division pode ser considerada ímpar tanto entre os shooters quanto entre os RPGs. Em entrevista (vídeo acima), o diretor do game, Ryan Barnard, fala sobre detalhes de jogabilidade e sobre a opção de não incluir classes.

Ecoando a apresentação levada aos palcos da E3 2014, Barnard relembra que em The Division você assume os sapatos de um membro de uma tropa de elite ativada pelo governo apenas em situações de caos descontrolado — digamos, como quando um vírus se espalha, levando a humanidade à beira da aniquilação.

O desenvolvedor também explicou a decisão de excluir especializações dos personagens. “Agrada-nos pensar [em The Division] como um RPG desprovido de classes”, disse Barnard, amparado no fato de que o jogador, ao início, ainda não sabe bem como as coisas funcionam no jogo — e, portanto, não se encontra propriamente apto para saber como quer jogar. A ideia é que as coisas se definam e se construam naturalmente ao longo do jogo.

Firefly, Echos e os temíveis Cleaners

Barnard também abordou outros pontos relacionados à mecânica de jogo de The Division. Além de um item específico para cegar os oponentes em campo de batalha, a sua vocação mais detetivesca encontrará reforço na funcionalidade denominada de Echos.

Trata-se da possibilidade de criar todo um ambiente tridimensional ao redor do personagem com base em informações obtidas de câmeras de segurança e chamadas de celular — em um esquema semelhante ao que foi visto em Murdered: Soul Suspect, vale dizer. Ademais, também será possível estabelecer bases de operação em territórios consideravelmente “desinfectados”.

E, por fim, há os Cleaners. De cara, se vê aqui uma bela pedra no sapato em potencial. Trata-se de um grupo itinerante que põe fogo sumariamente em qualquer pessoa que pareça remotamente infectado — queimando também os cadáveres que se amontoam pelas ruas. “É o tipo de sujeito que você não vai querer encarar sozinho”, brinca Barnard.

The Division deve dar as caras em algum momento de 2015, com lançamentos previstos para Xbox One, PlayStation 4 e PC.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.