Vozes originais de Leon e Claire não vão retornar em Resident Evil 2 Remake

Vozes originais de Leon e Claire não vão retornar em Resident Evil 2 Remake

Último Vídeo

Prometido há certo tempo pela Capcom, o remake de Resident Evil 2 permanece um mistério para o público. Embora ainda não se saiba direito quais mudanças a empresa vai fazer no jogo, uma das que é conhecida não deve agradar muito alguns fãs: os atores de voz que interpretaram Clair e Leon na versão original não vão retornar a seus papéis.

“Há aproximadamente um ano e meio atrás o produtor do remake me contatou, falou com meu agente... Pouco depois meu agente recebeu alguns emails de diferentes companhias que estavam disputando o contrato de localização do game, da gravação de vozes e da captura de movimentos”, relatou Allyson Court, que deu vida a Claire Redfield.

Eles me informaram que não precisariam de meus serviços porque decidiram contratar pessoas não sindicalizadas

Segundo Court, uma companhia de Los Angeles chegou a dizer que precisaria de seus serviços caso ganhasse o contrato — que acabou sendo dado a ela. No entanto, assim que isso aconteceu a empresa afirmou que não precisaria mais dos serviços da atriz. “Eles me informaram que não precisariam de meus serviços porque decidiram contratar pessoas não sindicalizadas”.

Desrespeito da Capcom?

Uma experiência semelhante foi retratada por Matthew Mercer (Leon S. Kennedy), que afirmou no Twitter ter sido tratado da mesma maneira que Court. Toda a negociação aconteceu antes da greve feita pela SAF-AFTRA, que fez com que Ashly Burch fosse impedida de reprisar seu papel de Chloe em Life is Strange: Before the Storm.

A atriz de voz afirma que acredita que a decisão da Capcom foi desrespeitosa a ela e aos fãs. Ela afirmaria que respeitaria a companhia caso ela simplesmente preferisse seguir uma nova direção criativa, mas que não há como aceitar de bom grado uma mudança feita somente pelo desejo de trabalhar com pessoas que não estão ligadas a um sindicato.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.