Voxel

Warner poderia usar sistema de licenças online para Mortal Kombat

Último Vídeo

Img_normal

Um email, supostamente enviado pela Warner Bros a grandes varejistas americanos, foi vazado por uma fonte não identificada ao site Joystiq. Na mensagem, a desenvolvedora informa os lojistas sobre a existência de um sistema de licenças online que seria incluso no novo Mortal Kombat. Um “online pass”, como é chamado, seria incluso em cada cópia do game, e vendido separadamente por US$ 10, cerca de R$ 17.

Este tipo de função é utilizada principalmente por jogos da Electronic Arts e THQ e funciona como uma medida anti-pirataria, além de coibir a revenda de jogos usados. Para jogar online, é preciso que o usuário insira uma sequência numérica única de sua cópia do game, que fica para sempre atrelada à sua conta na PSN ou LIVE. Caso o título seja revendido ou copiado ilegalmente, o novo dono deve comprar uma nova licença para usufruir do modo multiplayer.

De acordo com o Joystiq, no caso de Mortal Kombat, os jogadores sem o online pass terão direito a dois dias de jogatina online gratuita antes de terem o acesso bloqueado. Aparentemente, a Warner não anunciaria a existência das licenças nem mesmo na caixa do game, e incluiria o mesmo tipo de sistema em F.E.A.R. 3 e Batman: Arkham City também contariam com sistema semelhante.

A Warner não se pronunciou oficialmente sobre o assunto. Mortal Kombat chega às lojas no dia 19 de abril, em versões PlayStation 3 e Xbox 360.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.