Voxel

Xbox 360 “brasileiro” chega às lojas no dia 5 de outubro

Último Vídeo

Em “conferência” online a Microsoft do Brasil confirmou nesta terça-feira (27 de setembro) a fabricação do console Xbox 360 em terras tupiniquins. O modelo produzido no país terá um preço mais acessível (cerca de 40%) do que a plataforma importada e abrirá o caminho para a chegada de novos produtos da empresa.

Durante a coletiva foi revelado que a empresa trabalhará com dois modelos, um de 4 GB e outro de 250 GB. O modelo de 4 GB custará R$ 799, enquanto que o de 250 GB ficará por cerca de R$ 1,1 mil. Vale lembrar que antes de serem produzidos no Brasil os mesmos modelos saíam por R$ 1,3 mil e R$ 1,6 mil, respectivamente.

Além disso, a Microsoft também comercializará dois bundles do video game com o Kinect — custando R$ 1,1 mil (4 GB) e R$ 1,4 mil (250 GB). Os novos modelos, com os preços reajustados, chegam às lojas no dia 5 de outubro.

A manufatura ficará por conta da Flextronics, empresa terceirizada na Zona Franca de Manaus. A Microsoft deve produzir 17 mil aparelhos por semana, como destacado por Guilherme Camargo, gerente de mercado do Xbox 360 no Brasil. Ademais, a fabricação deve atender ao Brasil e, caso a demanda nacional seja devidamente suprida, partes do Mercosul.

A conferência também trouxe novidades sobre a situação dos jogos oficiais no país. Destaque para o lançamento de Gears of War 3 — com legendas em português e preço reduzido; de R$ 180 para R$ 130.

Outro ponto abordado na coletiva foi a redução no preço dos cartões de Microsoft Points:

  • MS Points
    • 1500 MS Points — R$ 44
    • 4500 MS Points — R$ 119
  • Assinatura Gold
    • Três meses — R$ 44 (antes custava R$ 55)
    • Um ano — R$ 100 (antes saía por R$ 130)

Também foi confirmado o lançamento de versões localizadas de GunstringerKinect Sports Season TwoDance Central 2 e Halo: Combat Evolved Anniversary, todos por R$ 99. Mas o principal anúncio foi a confirmação de Forza 4 para o dia 11 de outubro, por R$ 129.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.