Voxel

Xbox considera comprar um estúdio japonês no futuro, diz Phil Spencer

Último Vídeo

Depois de comprar seis estúdios, anunciar a compra da Double Fine e muito mais, a divisão Xbox da Microsoft parece que não quer parar por aí. Segundo Phil Spencer, chefe do Xbox, em entrevista ao GamesIndustry, a ideia é trazer ainda mais talentos e desenvolvedoras para o leque de produtoras da companhia e que ele considera adquirir um estúdio japonês ou asiático no futuro.

Segundo Phil Spencer, os estúdios asiáticos (especialmente os japoneses) têm feito coisas incríveis no mundo dos games. O chefão da divisão Xbox disse que gostou a parceria com a SEGA para ter Phantasy Star Online 2 nos consoles da Microsoft e que tem gostado do trabalho e parceria com Hidetaka Miyazaki-san, de Dark Souls, que já fez muitos jogos bons e mais uma vez teve um game novo da FromSoftware anuncido no palco do Xbox na E3 2019.

A

"Eu acho que seria legal se encontrássemos um estúdio asiático, especialmente um estúdio japonês, para adicionar aos nossos estúdios. Eu gostava quando tínhamos algumas instalações first-party no Japão. Nós temos uma equipe pequena por lá, mas eu acho que podemos fazer mais. Dito isso, entre nossas viagens ao Japão, eu adorei ter Phantasy Star de volta no nosso palco com a SEGA", disse Phil Spencer.

ABlue Dragon foi um dos games exclusivos do Xbox no Japão

Sem dúvidas, o Xbox 360 teve uma biblioteca japonesa bem maior, contando com games de peso como Blue Dragon, Lost OdysseyInfinite Undiscovery e até mesmo Eternal Sonata, que veio como um exclusivo do console em um primeiro momento. Qual estúdio japonês a Microsoft poderia comprar para acrescentar às desenvolvedoras do Xbox?

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários